busca

Seu Rio, Meu Mar

Alcione

Tom: G
Em           E7           Am
 Dentro de você existe um rio
B7                     Em
 que não tem onde desaguar
E7          D7               G
 abra as comportas, o faça vazio
          F#m          B7      Em
 e faz de conta que eu sou seu mar


 Em         B7           Em
 Arrebente logo essa represa
 E7                         Am
 deixa a correnteza te arrastar
                 B7
 por entre as pedreiras
                    Em
 que teimam não deixar
                 C#7
 você ser minha beira
          F#m    C7   B7
 e em mim se mistura -ar

     Em       B7           Em
 Aproveite as chuvas de janeiro
E7                           Am
 se transborde em minha direção
                    B7
 que eu faço maré cheia
                   Em
 me quebro em sua mão
                    C#7
 e a gente volta e meia
             F#m    B7     Em    B7
 se encharca de     pai   xão


Em           E7           Am
 Dentro de você existe um rio
B7                     Em
 que não tem onde desaguar
Am          D7               G
 abra as comportas, o faça vazio
          F#m          B7      Em
 e faz de conta que eu sou seu mar   B7


Em             B7            Em
Deixe as águas que já são passadas
E7                         Am
 pois moinhos já não movem mais
                B7
 embarque neste vento
                     Em
 que eu te mandei buscar
            C#7
 e venha violento
    F#m        C7   B7
 em mim desemboca   ar

 Em         B7           Em
 Faça uma enchente de saudade
 E7                    Am
 dessa tempestade de verão
                    B7
 que eu faço uma ressaca
                 Em
 bem fora de estação
                 C#7
 e a gente se encharca
          F#m     B7       Em      B7
 se afoga de      pai     xão.

 Em                                Em
 Dentro de você......seu mar

Clipes