Milhares de Abraços

Anderson Freire

Am7
12
X02010
C
123
X32010
C9
34
X35533
D
123
XX0232
D/F#
1234
2X0232
Em7
123
022030
G
123
320003
G/B
123
X20033
Tom: G
[Intro] C  G  D

             C9                Am7
Quando um abraço, se torna um perigo
 entre nós
            G                   
Se afastar até dos pais, vira um 
  Em7              D/F#
cuidado e o tempo vai
     C9                            
Ajustando os passos, bem no dia em 
Am7
que o mundo parou
                 G                 
Pra enfrentar a guerra, onde todos 
D/F#
se tornam iguais
             Em7            C9
E bem nessa hora, surgem os heróis 
pra defender
G Com a própria vida, grandes e D/F# pequenos posso ler C9 No rosto de cada um, gestos que não Am7 cabem nos jornais G Alguns trocam de lugar, com quem já D/F# pode respirar em paz C9 G/B Seus campos de guerra são hospitais C9 G/B E quando a ciência não pode ir mais C9 Am7 Seus braços se arriscam, seus olhos não piscam G D/F# A fé traz de volta os sinais Em7 C9 Deus abençoe nossos heróis que G D/F# transpiram e inspiram Em7 C9 Depois da guerra, muitos milhares G D/F# Em7 de abraços esperam por você
Composição: Colaboração e revisão: miguel henrique