A
123
X02220
B
234
X24442
E
123
022100
F#m
34
244222
G#m
34
466444
Tom: E
E|--0---2-7-4-2/4/2p0--0-2-7--- B|---0------------------------- G|----------------------------- D|----------------------------- A|----------------------------- E|----------------------------- E|2/4/2p0--------| B|---------------| G|---------------| D|---------------| A|---------------| E|---------------| E A história se iniciou em 1977 G#m Com uma bela moça do nordeste cabra da peste A G#m Que se apaixonou por um cara de F#m B black que segue E O estilo e o jeito dos 5 sujeitos irmãos Jack B A G#m F#m E) Music muuussiicc E Passaram 2 anos fizeram planos concretizaram G#m Distribuiriam convites pros manos e se casaram A G#m F#m Um ano passou muito rápido B Mais que raio E Foram atropelados juntos na 23 de maio B 3 meses internada no Hospital São Paulo A G#m Com dor que horror desenganada F#m pelo doutor E Fratura múltiplas por todo seu esqueleto E E doutor dizia que não tinha mais jeito E Disse pra mãe daquela moça para doar as suas roupa G#m Que as probabilidade de vida era bem pouca A G#m F#m E a mãe da paciente que tava B quase loca afoita E Pra que Deus curasse logo sua moça B E como uma louça quebrada lá estava A G#m rescém-casada desenganada F#m Impossível de ser restaurada no E leito sem jeito pra profissionais da medicina E Mais um milagre estava para acontecer em sua vida E G#m Pode um milagre enfim acontecer A G#m F#m B E B Quando você acreditar acreditar A G#m F#m E É só você crer você crer você crer E Desentubada foi pois começou a G#m respirar Sozinha naquela sala que cheirava A G#m F#m muito mal tava mal que cheiro B Mal E Mais não isso importava O cheiro não era nada em relação ao principal B Cirurgias com uma certa emergência A crânio perna leta G#m F#m Fêmur bacia urgência
E Rasparam sua cabeça estava quase cega E Quando ela abriu os olhos estava com amnésia E Mais com 20 porcento de melhora teve que ir embora G#m Recebeu alta para ceder a vaga rara a outra senhora A G#m O doutor arrumou uma cadeira de F#m roda um par de muletas pra B Locomoção E Pra fazer os exames de semana em semana tinha raio X B E o seu marido que no acidente só quebrou a perna A G#m Estava em casa muito tempo F#m esperando por ela E Depois de 3 meses ela voltou ao hospital E Dizendo ao médico que estava atrasado sua regra menstrual E Disse também que estava com suspeitas de estar grávida B Sátiras Há! O doutor disse - Só se for mágica A G#m F#m B Fizeram alguns exames de gravidez E E foi comprovado positivo de 1 mês B E o feto que tinha sido feito recente A G#m Ajudando a paciente na recuperação F#m do acidente E Produzindo hormônios mais rapidamente E Sua mente voltou ao normal, e o E pessoal dizia Entende tire o feto deficiente se a G#m criança nascer você vai ter problemas pra sempre A G#m E o médico pediu pra ela optar a F#m B criança ou o tratamento E Porque eram muito fortes os exames e medicamentos B E disse mais que se a criança A nascesse teria problemas mentais G#m Fisicos F#m E se não morresse e que no dia do E parto Ela também podia chegar a morrer E Mentira um milagre estava pra acontecer em sua vida E G#m Pode um milagre enfim acontecer A G#m F#m B E B Quando você acreditar acreditar A G#m F#m E É só você crer você crer você crer E Alguns meses depois Ela estava preparada G#m Já na mesa do parto com muita dor e preocupada A Hospital São Paulo G#m F#m B E 22 anos antes do penta dia 9 de abril 1980 B Nasce a criança com saúde forte estava A G#m Ninguém acreditava o médico até F#m chorava E Pois ele acompanhou aquela mulher que teve fé E Que bateu o pé e acreditou no Deus do céu que a honrou E E a criança foi crescendo com o tempo zuera até umas hora deixava as G#m Tias com cabelo branco pro alto na escola A G#m Umas descia do salto alto F#m B outras nem dava bola E Umas dos mais inteligente da sala de aula B Sua infância foi bem vivida na rua era da hora A G#m Até ver seu pai já ausente que F#m E de casa foi embora ficou muito rebelde E Em meio sua adolecencia começou a usar drogas por mas influencias E Mais nun certo dia por um sonho sua vida ia mudar G#m Pois Deus estava prestes a por seu plano em pratica A G#m Até que enfim o dia chegou estava F#m B tudo preparado E E no sonho Deus dizia que estava muito preocupado B Dizia pra eu pedir perdão por todos meus pecados A G#m E eu sentia tudo aquilo como se F#m fosse acordado E Fiquei arrepiado acordei desesperado E Encontrei o esperado me coloquei ajoelhado E Aceitei a Jesus como senhor e fui tocado G#m Pelo espírito santo que por Deus foi enviado A G#m F#m Apartir daquele dia tenho andado B com o Cristo E Pois reconheço que minha vida é um milagre desde o inicio B A G#m F#m E É só você crer você crer E G#m Pode um milagre enfim acontecer A G#m F#m B E B Quando você acreditar acreditar A G#m F#m E É só você crer você crer você crer E G#m Pode um milagre enfim acontecer A G#m F#m B E B Quando você acreditar acreditar A G#m F#m E É só você crer você crer você crer
Composição: Cleber Ao CuboColaboração e revisão: fernando camargoisrael munhozjonatas torresGuilherme Borbae mais 3

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...