Auto-Tune: por que quase todo mundo usa e como afinar a voz

Por Fabio Teixeira

Você certamente já ouviu falar do Auto-Tune, não é? Responsável por ajudar a afinar a voz com sua tecnologia, esse plugin ganhou fama quando a grande mídia resolveu divulgá-lo, lá na segunda metade dos anos 1990. De lá pra cá, ele foi responsável por colaborar com péssimos e também excelentes cantores.

auto-tune, ferramanta clássica para afinar voz

Neste artigo, você irá entender porque a afinação de voz é um recurso utilizado até por excelentes cantores. Além disso, vamos lhe indicar algumas ferramentas para que você mesmo possa afinar a sua voz de forma profissional.

Excelentes cantores usam ferramentas para afinar a voz? Por quê?

Pode parecer estranho dizer que bons cantores utilizam o plugin, mas esta é uma realidade nos dias de hoje. A tecnologia avançou de tal forma que seu uso virou sinônimo de praticidade. Afinal, mesmo que você cante bem, por que perder tempo e dinheiro gravando várias vezes um trecho mais difícil se a tecnologia pode lhe ajudar? Por que jogar fora uma gravação super bem interpretada só por causa de uma nota desafinada, se podemos corrigi-la?

Cantora gravando voz em estudio e produtor trabalhando na mesa de som
Ferramentas para afinar a voz ajudam cantor e produtor musical (Foto/Pexels)

Além da questão prática, a ferramenta passou a ser utilizada para que a música atendesse ao chamado “padrão de mercado”. Dessa forma, é melhor dar aquela “calibrada” mesmo nos melhores cantores e cantoras. Hoje até o público leigo está habituado a ouvir tudo extremamente afinado, ainda que não seja um costume consciente.

Acontece que o Auto-Tune já não é mais o único plugin usado para afinar a voz. Atualmente você já pode encontrar ferramentas similares, que para muitos podem parecer mais fáceis de mexer, mais baratas ou simplesmente melhores que seu concorrente mais famoso.

4 sugestões de ferramentas para afinar a voz

Vamos, então, lhe apresentar algumas das alternativas ao Auto-Tune: nesse sentido, você conhecerá os pagos, os gratuitos, os melhores para o iniciante, os que parecem mais intuitivos, e aquele que a maioria dos produtores considera mais profissional.

Lembre-se que para usá-los e fazer uma boa gravação, o ideal é contar com uma DAW, como são chamados os programas de edição de áudio (Pro Tools, Logic, Reaper, Cubase, etc).

1. Melodyne 

Da empresa alemã Celemony Software, o Melodyne está na sua 5ª geração e já ganhou até um Grammy técnico. Atualmente o plugin não se restringe à afinação vocal, mas é considerado por boa parte dos produtores como o mais profissional para esta finalidade.

Interface do Melodyne, ferramenta usada para afinar a voz

Como você já deve ter imaginado, ele não é gratuito. Mas se você quer atingir a melhor qualidade que a tecnologia pode oferecer, não é difícil concordar que esta é a melhor opção.

A ferramenta possui recursos únicos e surpreendentes. É possível separar nota por nota com  facilidade, bem como controlar com mais precisão o quanto afinado quer deixar cada uma delas (pois é, nem sempre deixar 100% afinado é a melhor saída). Além disso, você pode até mesmo excluir as respirações e sibilâncias da voz no processo de afinação, coisa que os outros plugins não fazem. Pode parecer “neura”, mas no fim das contas esses detalhes fazem a diferença.

Mesmo com tantos recursos, sua interface é intuitiva e em pouco tempo você poderá dominar bastante coisa. Claro que quanto mais treinado for seu ouvido, mais benefícios a ferramenta vai te proporcionar.

Como na maior parte dos plugins, você verá que ele pode operar de maneira automática e manual. Cada uma delas com seus prós e contras.

2. Reatune

Esse é o afinador nativo do Reaper, ou seja, já vem com a DAW, que por sinal é gratuita por um tempo, apesar de depois desse prazo continuar funcionando. Se você não quer ou não pode gastar nesse momento, eis uma boa sugestão.

Interface do Reaper, ferramenta para afinar a voz

Assim como tudo no Reaper, sua interface é extremamente simples (deixando a impressão de que você foi transportado de volta aos anos 90), mas nem por isso deixa de ser uma boa ferramenta. É claro que não dá pra comparar seus recursos com os do Melodyne, mas se você usar com cuidado e tiver um pouco de treino, o resultado pode surpreender.

Um recurso interessante que ele possui como diferencial, além da afinação de voz, é a possibilidade de transformar as notas cantadas (ou mesmo o som de um instrumento) em MIDI. Com isso você pode fazer com que essa voz ganhe o timbre de uma flauta, por exemplo. Uma mão na roda para ajudar na criação dos seus arranjos.

É, portanto, justo dizer que ele faz um ótimo trabalho. Se considerarmos que é uma opção gratuita e super fácil de usar, vale a pena estudá-la para ver se não lhe agrada.

3. Graillon 2

Se além de procurar por um plugin gratuito você não entende muito de teoria musical, o Graillon 2, da empresa Auburn Sounds, também pode ser uma boa escolha para afinar a voz. Com a versão paga, você tem recursos que, com o tempo, irá perceber que também são úteis. Mas a versão free já pode lhe fazer sorrir de orelha a orelha por um bom tempo.

Interface do Graillon 2, ferramenta para afinar a voz e instrumentos

O resultado que você consegue atingir pode ser realmente muito bom. Ainda assim, vale sempre lembrar que não dá pra comparar com o Melodyne ou mesmo com o nosso velho amigo Auto-Tune.

Sua interface é bem intuitiva e você tem pouquíssimo contato com questões teóricas como tonalidade, escalas, etc. Basta mexer em alguns botões e em pouco tempo você estará deixando qualquer voz mais afinada.

Outra coisa legal é que ele possui versões para Windows, Mac e Linux. Então, se você está começando a fazer produções agora e tem pouco para investir, é difícil achar uma desculpa para não experimentá-lo.

4. Flex Pitch 

Se você usa ou pretende usar o Logic Pro (a DAW da Apple, super profissional e com uma interface muito bonita), este é o seu afinador nativo. Uma das vantagens é sua integração com o restante do programa, desde a interface até a interação com as pistas de áudio que estão gravadas. Além disso, como ele já faz parte do Logic, você não precisará gastar nada a mais para utilizá-lo.

Interface do afinar de voz da Apple

Apesar de tudo isso, a opção ainda perde um pouco para plugins como Melodyne e Auto-Tune. Uma reclamação recorrente, por exemplo, é que em alguns momentos o Flex Pitch pode alterar a qualidade do áudio, introduzindo ruídos e distorções indesejadas. Para corrigir o problema você precisará de um trabalho extra.

Mas suas funcionalidades superam as dos plugins gratuitos. Você pode, por exemplo, ajustar apenas o início ou o final de cada nota individualmente, afinar a voz na porcentagem que melhor lhe convier, etc.

Compartilhe estas dicas!

Se você gostou do conteúdo compartilhe com a galera envolvida com a produção musical. Certamente uma dessas opções acima poderá ajudá-los bastante a melhorar a qualidade dos vocais gravados!