4 fundamentos para saber como cuidar da voz

Por Roger Dorl

Se você tem o sonho de ser cantor/cantora ou está iniciando nesse caminho, precisa aprender o básico sobre como cuidar da voz. Como resultado, você terá garantido não apenas qualidade e desenvolvimento técnico, mas também (e até mesmo) a sua própria saúde!

Cantor negro gravando em estúdio
Saber como cuidar da voz é um passo para a longevidade da carreira de vocalista (Foto/Pexels)

Afinal, durante esse processo todo você terá que encarar sua voz como um instrumento de trabalho. Mas como ela é parte de você, precisa se lembrar também dos seus limites humanos, físicos e emocionais.

É bastante coisa para se lidar ao mesmo tempo. No entanto, assim nesta como em qualquer outra profissão, não existe caminho para o sucesso que não exija algum esforço. Em outras palavras, você precisará sempre de um bom conhecimento dos seus recursos, disciplina e disposição para obter e oferecer o melhor de si.

Por isso, apresentamos a você os fundamentos do trabalho vocal! Aqui, você encontrará tudo o que precisa saber para conservar sua voz e iniciar uma jornada rumo ao completo domínio técnico sobre ela.

Então, tome notas, aprofunde-se nestes conhecimentos e garanta um caminho mais limpo e direto até a sua plena realização profissional!

Como cuidar da voz para cantar?

Muitos conhecimentos que temos a respeito do uso e de como cuidar da voz são tão antigos quanto a expressão humana através do canto.

Um dos textos mais antigos da história ocidental, a “Poética” de Aristóteles já trazia considerações técnicas a respeito do uso da voz para a expressão artística.

Ao longo do tempo, milhares de artistas entre cantores, atores e declamadores aperfeiçoaram seus conhecimentos e o transmitiram de geração a geração. Assim, atualmente, esses artistas detêm um vasto repertório de técnicas e saberes comprovados por milênios de prática.

Enquanto ciência, os estudos sobre a voz sempre fizeram parte das pesquisas médicas. Mas só no início do século passado a Fonoaudiologia se estabeleceu como uma área específica de estudo sobre o tema.

Mas o fato é que, dessa forma, hoje podemos contar com fontes variadas e absolutamente confiáveis de conhecimentos sobre a voz. Aliás, nós mesmo já reunimos especialistas dessas diferentes fontes para discutir mitos e verdades sobre como melhorar a voz pra cantar.

Agora, porém, organizamos o conhecimento disponível sobre o tema para definir os fundamentos do trabalho vocal. Assim, podemos apontar os principais caminhos que você precisa percorrer como profissional do canto.

Então, sem mais delongas, vamos aos 4 fundamentos da técnica vocal!

1. Conheça bem seu instrumento

Antes de tudo, para saber como cuidar da voz, é essencial aprender o máximo possível sobre ela, de um modo geral. E também, claro, especificamente a respeito da sua voz e de como usá-la corretamente para cantar.

Para tanto, primeiro, é bom entender o processo de produção e modulação da voz. Isso inclui todos os sistemas e partes do corpo envolvidos no processo, que são:

  • Sistema respiratório: basicamente, a voz é a vibração das cordas vocais causada pela passagem do ar, certo? Assim, é de grande ajuda conhecer o funcionamento da respiração e estar atento a tudo que envolve a sua própria respiração;
  • Músculos: talvez você já tenha ouvido falar a respeito do diafragma, um músculo que “nos corta ao meio” entre o tronco e a barriga. Saber controlá-lo é o que nos dá controle sobre a respiração e a quantidade de ar usada para falar. Mas neste tópico, devemos incluir também os músculos da garganta, boca e face que são usados na modulação da voz e articulação das palavras;
  • Cordas vocais e caixas de ressonância: além de conhecer bem os recursos e limites das suas cordas vocais, é importante saber como a voz é projetada e como garantir sua propagação. Nesse sentido, você precisa conhecer, por exemplo, as principais caixas de ressonância do corpo, que são o tórax e a cabeça.

Por último, é bom ter bem claras todas as possibilidades de uso da sua voz, incluindo aí sua extensão. Além disso, é fundamental conhecer também tudo o que pode prejudicá-la ou, no sentido contrário, potencializar as suas qualidades.

2. Elimine hábitos nocivos

Este é o fundamento mais desafiador para uma grande parcela dos candidatos a cantores. E isso porque exige uma série de renúncias que muitos não estão dispostos a fazer.

Mas quem está realmente empenhado em trilhar este caminho precisa abrir mão de algumas coisas. Afinal, por mais prazerosas ou até banais que elas possam ser, podem também causar danos irreversíveis à sua voz.

Por isso, saiba quais são as principais substâncias e hábitos nocivos à voz, dos quais você vai preferir manter distância:

  • Cigarros;
  • Excesso de álcool;
  • Excesso de café e condimentos como a pimenta;
  • Bocejos, pigarros, gritos e sussurros;
  • Abuso do ar-condicionado;
  • Choques térmicos.

Abaixo, você confere um conselho indispensável para cuidar da voz.

3. Estabeleça uma rotina de trabalho

Lembre-se que a disciplina é a principal aliada daqueles que perseguem os seus sonhos.

Portanto, procure estabelecer uma rotina de exercícios vocais e de autoconhecimento em relação aos seus recursos.

Há técnicas para aperfeiçoamento de todos os aspectos relacionados à expressão vocal, desde a respiração até a projeção e articulação dos sons.

Nesse sentido, o ideal é que você reúna alguns exercícios de cada tipo e os pratique regularmente, de preferência todos os dias!

Afinal, não basta evitar os hábitos nocivos, é preciso também colocar em prática hábitos saudáveis. Em outras palavras, você deve tomar atitudes que favoreçam o seu crescimento como artista da voz!

Para isso, pode tomar como base as seguintes dicas:

  • Procure manter a “voz hidratada”: beba bastante água e, se necessário, umidifique sua casa ou ambientes onde passa mais tempo e pratica sua arte;
  • Opte por alimentos saudáveis e invista na maçã, que tem propriedades muito benéficas à voz;
  • Tenha cuidado, igualmente, com a sua postura, pois ela tem mais implicações na produção vocal do que você pode imaginar;
  • Por fim, estabeleça como rotina a prática de exercícios de aquecimentos e relaxamentos, respectivamente antes e depois de treinos e apresentações. Eventualmente, ainda, dê à sua voz umas férias ou períodos maiores de descanso.

Dê o play e se liga na dica quentíssima da Natália Sandin:

4. Aperfeiçoe sua técnica

Quanto mais constante for a sua prática de exercícios, maior domínio você terá sobre a sua voz em todos os aspectos!

Portanto, o ideal é que você busque bastante conhecimento a esse respeito, de modo a poder estabelecer algumas progressões de exercícios. Isso significa partir de exercícios mais básicos para outros cada vez mais complexos e especializados.

Nesse sentido, é altamente recomendado o contato com profissionais da área, tanto artistas como fonoaudiólogos, entre outros.

Uma alternativa excelente é procurar algum curso, online ou não, que possa ampliar seu repertório de exercícios e conhecimentos sobre o tema.

Cifra Club Academy, plataforma de ensino de música online
Você está a poucos cliques de estudar música na plataforma online mais completa do Brasil (Imagem/Divulgação)

Então, se quiser um bom lugar para começar, venha conhecer o curso de canto oferecido pelo Cifra Club Academy — você vai adorar!

Mas seja como for, agora você já tem uma base de como cuidar da voz, portanto, lembre-se de manter esses cuidados!

E, sobretudo, não desista diante das tantas dificuldades que sempre aparecerão no caminho de aspirantes a músicos e cantores!