12 rudimentos de bateria para você praticar em casa

Por Angelo Cherubini

Aprender a tocar batera envolve várias habilidades motoras do nosso corpo. Inclusive, os movimentos coordenados entre mãos e pés são uma questão chave para esse instrumento. E no meio deste caminho desafiador, os rudimentos de bateria são ótimos aliados!

Pad de bateria e um par de baquetas: equipamento necessário para treinar rudimentos de bateria
Equipamento para treinar rudimentos é bem básico, ou seja, não há motivos para ficar sem praticar (Foto/Internet)

Eles ajudam a “soltar” as mãos, deixando suas batidas mais leves, trabalhadas e com ritmo. O melhor de tudo é que alguns rudimentos podem ser realizados em casa, mesmo sem uma bateria completa! O que você vai precisar? Um par de baquetas e um pad de treino (ou uma caixa de bateria).

O que são os rudimentos ?

Os rudimentos são, em suma, combinações de toques realizados em sequência e que são treinadas repetidamente. As possibilidades são muitas, mas a base da técnica são os nossos queridos Single Stroke, Double Stroke e Paradiddle, que trabalham práticas corriqueiras da bateria

Bora treinar?!

Dicas para treinar (em casa) os rudimentos de bateria

A primeira delas é imprescindível a todo baterista: treinar as formas corretas de como segurar o par de baquetas. Os rudimentos vão deixar suas mãos mais adaptadas às batidas, mas é importante prestar atenção nesses detalhes que vem antes, para depois não embolar tudo lá na frente! O Cifra Club tem um vídeo só sobre isso, conforme disponível abaixo:

Outra coisa importante é lembrar daquele que será seu companheiro em vários momentos: o metrônomo! Basicamente, essa ferramenta auxilia os músicos a marcar o tempo enquanto tocam. Isso é feito geralmente através da unidade de BPM (Batidas por Minuto).

Se você está começando, o recomendado é que comece fazendo os rudimentos de bateria com um BPM baixo, entre 70 e 80 (ou menos, se achar necessário) e, aos poucos, vá aumentando a velocidade e ganhando mais habilidade com as mãos.

Para não perder batidas:

Agora, vamos aos rudimentos!

Toque simples (Single Stroke)

Realizar um único toque no seu pad de treino pode até parecer meio sem graça de início, mas calma: os toques simples, se combinados corretamente, vão ser uma baita evolução para você! Se liga:

Single Stroke Roll

A base de tudo! Esse rudimento combina toques únicos, sempre alternando as mãos! Você pode dobrar os toques dentro do tempo que estiver usando, conforme as imagens abaixo:

Single Stroke Four

Agora, ao invés de fazer toques alternados uniformemente ao longo do tempo, que tal realizarmos quatro toques logo no início, terminando no tempo 2? Se liga no andamento:

Single Stroke Seven

Se trocarmos o número quatro por sete, teremos no horizonte o Single Stroke Seven! Para fazê-lo, você deve realizar sete toques alternados, começando no tempo 1 e terminando no tempo 2, desse jeito:

Toque Duplo ou Papa Mama (Double Stroke)

Vamos diferenciar um pouquinho? O Papa Mama já vai ser mais desafiador, por isso, lembre-se da dica do início do texto e comece com um BPM bem baixo! Como o próprio nome já diz, o toque duplo será feito com duas batidas em cada mão, alternando-as. Considere que “D” representa um “Duplo”, ou seja, dois toques:

Tablatura do Double Stroke ou Pappa Mamma, um dos tipos de rudimentos

Sacou a jogada? No segundo bloco, inserimos mais combinações dentro de um mesmo espaço de tempo!

Double Stroke Open Roll

No Open Roll, as coisas mudam! Uma mão vai fazer duas notas e a outra apenas uma, acentuando. Você pode começar com a esquerda, bem como com a direita. Todavia, é importante treinar com ambas! Dá uma olhada:

Five Stroke Roll

Já adentramos de vez no mundo das variações de rudimentos de bateria. O Five Stroke Roll é uma ótima pedida para avançarmos ainda mais! Ele combina dois toques com uma baqueta, dois toques com a outra e termina com um toque acentuado. Veja e reproduza por aí:

Tablatura do Five Stroke Roll, um dos tipos de rudimentos

Seven Stroke Roll

Dando sequência, é possível adicionar mais toques duplos antes da finalização acentuada. Nesse caso, se fizermos isso, teremos o Seven Stroke Roll:

Nine Stroke Roll

E dá pra ir ainda mais longe, adicionando mais um toque duplo entre os tempos! Consequentemente, chegamos nessa distribuição que está representada na imagem abaixo, um Nine Stroke Roll:

Tab do Nine Stroke Roll, um dos vários tipos de rudimentos

Thirteen Stroke Roll

Com o Thirteen Stroke Roll, vamos quase até o final do compasso, alternando os toques duplos. No final, acentue uma batida normalmente, como fizemos nos primeiros rudimentos de bateria da categoria Double Stroke.

Seventeen Stroke Roll

Agora, se você já se sentiu pronto, tente o Seventeen Stroke Roll! Nessa variação, vamos até o fim do compasso, e acentuamos a nota final só no início do próximo. Demanda mais continuidade nos movimentos, mas vale a pena:

Paradiddle – um dos rudimentos mais famosos

Outro princípio importantíssimo para os bateras de plantão. O paradiddle é bem famoso e combina notas duplas e simples para formar conjuntos sonoros bem interessantes! Certamente, você vai curtir:

Paradiddle Simples

Para compreender, considere que “d” é a mão direita e “e” a mão esquerda! Detalhe importante: as letras maiúsculas são as notas acentuadas! Dessa forma, o paradiddle simples é feito com a seguinte sucessão de notas:

Tablatura do paradiddle simples, um dos tipos de rudimentos

Deu pra pegar aí? Basicamente, conforme você observou, estamos falando de dois toques simples, sempre seguidos de um toque duplo. 

Paradiddle Duplo

Já no Paradiddle Duplo, vamos adicionar mais dois toques simples antes da nota dupla! O resultado é esse aqui:

Tablatura do paradiddle duplo, um dos tipos de rudimentos

Dica valiosa: se estiver com dificuldade de fazer qualquer um dos rudimentos de bateria, abaixe o BPM do metrônomo e vá, com calma e atenção, acostumando seus movimentos com cada tempo. Gradualmente, você vai atingindo velocidades mais altas, ao mesmo tempo em que evolui na execução dos toques.

As novidades do Cifra Club Academy, conforme você sabe, também podem te ajudar bastante na caminhada! Em breve, você terá por lá um novo curso de bateria completo para o aprendizado, incluindo aulas, exercícios, vídeos e material interativo. Acesse lá para conhecer mais e garantir sua inscrição!

Por fim, dê o play no vídeo e confira mais dicas para treinar rudimentos: