Equipamentos para voz e violão: dicas para uma apresentação de sucesso

Por Fabio Teixeira

Você já deixou tudo preparado. A voz e o violão estão afinados, as letras estão na ponta da língua e o repertório foi selecionado a dedo. Mas pouco adianta tudo isso se você ainda não tiver em mãos os equipamentos necessários para uma boa apresentação. É aí que entram nossas sugestões de equipamentos para voz e violão.

Dois músicos tocando com equipamentos para voz e violão
O formato voz e violão é porta de entrada para muitos músicos (Foto de Fliqa India no Pexels)

Hoje, você vai conhecer o que não pode faltar no seu set, desde os itens mais básicos até aqueles que muitas vezes são negligenciados. Lembre-se: o seu diferencial pode estar nos detalhes.

Microfones para voz

Às vezes o espaço em que você irá tocar é pequeno e você acaba ficando com a caixa de som bem colada ao microfone. Ou então, por exemplo, você prefere deixar a caixa perto do seu ouvido, pois o local é muito barulhento. Pronto. Lá vem aquele “apito” indesejável da microfonia. 

O microfone dinâmico é um dos equipamentos para voz e violão
Qual será o microfone ideal para o formato voz e violão? (Foto de Skitterphoto no Pexels)

Quando ela acontece durante a música então, haverá pouco o que você possa fazer na hora, a não ser parar de tocar, vermelho de constrangimento. No entanto, você pode utilizar um tipo de microfone específico para evitar esta situação: o microfone dinâmico.

Além de mais resistente para levar pra lá e pra cá, o microfone dinâmico é menos sensível que o condensador. Isso irá evitar a microfonia, especialmente para quem faz voz e violão e se surpreende com ambientes dos mais variados.

Dito isto, vamos lhe dar dois exemplos de microfones dinâmicos que entregam um excelente custo/benefício:

Shure SM58

Podemos dizer que este é um dos microfones de voz mais famosos e tradicionais do mercado. Mesmo assim ele não é caro (em comparação com a maioria dos microfones profissionais) e tem bastante qualidade. O SM58 já foi utilizado, por exemplo, em grandes shows de artistas como Elton John, John Mayer e Paul McCartney.

Superlux Top 248

A marca tem excelente qualidade sendo que, muitas vezes, ela se aproxima do som de microfones bem mais caros. O Superlux Top 248 foi desenvolvido especialmente para voz, com um tom vigoroso e excelente agudo.

Amplificadores

O ideal é que você tenha duas caixas amplificadoras. Assim, em cada ocasião você pode avaliar se apenas uma será suficiente ou se você deve levar as duas.

Nos locais com dois ambientes, por exemplo, o contratante provavelmente ficará bastante feliz se você tiver uma caixa em cada um dos espaços. Em pequenos bares e restaurantes, por outro lado, é comum que você consiga dar conta do recado utilizando apenas uma caixa.

Vamos apresentar agora, duas boas opções de equipamentos para voz e violão para amplificar o seu som:

RCF ART 310A MK4

Certamente esta é uma boa opção para quem deseja comprar uma caixa com muita qualidade e que dure muitos anos. Com bastante potência e um falante de 10 polegadas, ela é suficiente para qualquer tipo de apresentação, seja em um barzinho ou com um público maior. As melhores caixas, como essa da RCF, muitas vezes não têm equalizador integrado, e você precisará de uma mesa de som. Mas se você quer qualidade máxima, eis uma excelente opção.

Roland AC-33

Se você pretende tocar apenas em espaços pequenos, esta pode ser uma boa alternativa. Aqui você ganha muito em praticidade, mas perde bastante em potência, quando comparada à caixa RCF citada.

O Roland AC-33 foi pensado especialmente para voz e violão. Sendo assim, ele possui dois canais com equalizador de três bandas, além de efeitos de chorus e reverb já pensados para esse formato de apresentação. Possui recurso anti feedback e a opção de funcionar com pilhas. Além disso, tem também uma entrada auxiliar (onde você pode colocar um aparelho tocando mp3 nos seus intervalos, por exemplo). Uma mão na roda.

Mesas de som

A mesa de som também se enquadra na lista de equipamentos para voz e violão. A seguir veremos um pouquinho sobre alguns modelos.

Yamaha MG10XU

Nesta opção você tem a qualidade da Yamaha e o melhor custo/benefício. A mesa conta com efeitos como reverb (praticamente imprescindível para voz e violão) e delay. Tem também três bandas de equalização em quatro dos seus dez canais, e até mesmo um compressor nos canais um e dois.

A quantidade de canais pode parecer exagerada para fazer apenas voz e violão, mas em muitas ocasiões você verá que esta foi uma boa escolha. Primeiro porque é mais difícil encontrar mesas menores com tantas opções de efeitos, equalização, e a mesma qualidade. Segundo que os outros canais acabam sendo úteis para outras coisas, como um outro microfone, por exemplo.

Behringer Xenyx 1002 Fx e Behringer Xenyx 1202 Fx

Em relação à opção anterior você pode sentir perda de qualidade, mas o valor é consideravelmente menor. O modelo 1002 possui dois canais com equalização de três bandas, enquanto o 1202 possui quatro canais com essa característica. A ideia é a mesma explicada com relação à mesa Yamaha, ou seja, com quatro canais você ficará bem mais à vontade.

Ainda que um pouco mais simples que a Yamaha MG10XU, esse modelo da Behringer é ideal para voz e violão. Bem completa, a mesinha também conta com efeitos, como o quase sempre indispensável reverb. Assim como no caso da Yamaha, seu tamanho também facilita bastante o transporte.

Outros equipamentos para voz e violão

Há também outros equipamentos para voz e violão que são mais simples e que muitas vezes são esquecidos. Mas, na verdade, eles são tão importantes quanto, pois sua falta pode prejudicar muito sua apresentação.

Voltímetro

Não saber a voltagem correta do lugar é uma das coisas mais chatas que você poderá encontrar no seu dia a dia. Nesses momentos, você pode pensar que a solução é simplesmente perguntar para alguém, não é? Mas não é bem assim.

Equipamento que mede corrente elétrica
Eis um equipamento essencial para o músico na estrada (Foto/PxHere)

Pra começar, talvez você não encontre ali ninguém que saiba a resposta, ou até mesmo quem lhe dê a resposta errada. E aí já viu, né? Você pode acabar queimando seu equipamento, estragar a apresentação, atrapalhar o evento, e ganhar muitas dores de cabeça.

Para evitar esse problema, você pode usar um voltímetro, um aparelho super pequeno e barato que pode te livrar de muitos perrengues. Depois disso, é só mudar a voltagem do seu equipamento ou recorrer a um transformador adequado.

Extensão de tomada e adaptadores

Outra surpresa muito comum é chegar ao local e perceber que a tomada fica longe do ponto onde você irá ficar. A solução para isso é estar munido de uma extensão. A regra para comprá-la é simples: quanto maior, melhor.

Adaptadores também evitam dores de cabeça, e sua falta pode mudar completamente o ruma das coisas. O ideal é levar benjamins, adaptadores de XLR para p10, p10 para p2, etc.

Equipamentos para voz e violão reserva

Seja lá qual for o tipo de apresentação que você irá fazer nesse formato, dê muita atenção a este item. Imagine se você está tocando e de repente um cabo começa a falhar, um microfone para de funcionar ou a mesa de som pifa?

Mulher filma músico tocando no formato voz e violão
Um profissional prevenido, sempre tem vantagem no rolê (Foto de Maria Varshavskaya no Pexels)

Claro, se você estiver começando a trabalhar com voz e violão, é provável que você não tenha condições de investir nesses equipamentos extras agora. Mas, com o tempo, procure ter um item reserva para tudo o que você leva: cabos, microfone e até mesa de som. Com isso, você ganhará um pouco mais de tranquilidade quando estiver longe de casa.

Compartilhe essas dicas!

Agora que você já tem boas dicas para melhorar ou começar suas apresentações, que tal compartilhar este artigo com seus amigos? Ajude outras pessoas que querem espalhar sua música por aí com mais qualidade!