Portugueses do Madredeus vêem assalto e tiroteio na Venezuela

Por Cifra Club

A banda portuguesa Madredeus teve de cancelar boa parte de sua agenda na Venezuela depois que os integrantes sofreram uma tentativa de assalto no caminho do aeroporto à capital, Caracas. O carro onde a banda estava levou garrafadas de um grupo, também de carro. Os organizadores do show suspeitam de tentativa de assalto.

Não bastasse, o grupo se viu preso em um tiroteio quando estavam prestes a chegar no hotel onde ficariam hospedados. A polícia trocava balas com um grupo que praticava corridas ilegais nas ruas.

Aterrorizados, os integrantes se resumiram a tocar na Universidade Central da Venezuela, cancelando as visitas a locais turísticos e encontros com a imprensa local. "Eles adoraram o público, mas ficaram tristes pela má impressão que a violência daqui causou", comentou a chefe de comunicação da empresa que os levou ao país.

A capital venezuelana é considerada uma das cidades mais perigosas da América Latina, com índices de assassinatos, assaltos e seqüestros que fariam muitas cidades brasileiras "morrerem de inveja".