Tudo o que você precisa saber sobre tapping na guitarra

Por Fernando Paul

O tapping na guitarra é uma das técnicas que mais chamam a atenção no universo das cordas. Por isso, preparamos um material especial aprofundando tudo sobre este fundamento incrível!

Eddie Van Halen fazendo tapping em show
Eddie Van Halen é um dos principais propagadores da técnica de tapping (Foto/Reprodução/Internet)

Sejamos sinceros: ao estudarmos as principais técnicas das seis cordas, um dos momentos mais aguardados é o de aprender tapping na guitarra. Afinal, esse recurso gera um som único, além de ser esteticamente impressionante.

Nesse sentido, hoje vamos explicar com detalhes essa técnica incrível para você. O que é, quem criou, como executar… Você vai ficar por dentro de tudo! Além disso, ainda traremos exemplos de músicas com passagens icônicas feitas com tapping. Muito show!

O que é tapping na guitarra?

Também chamada de two hands, a técnica de tapping nada mais é do que martelar notas diretamente na escala com a mão direita (no caso dos destros). Ou seja, seria como executar ligados na guitarra, porém com a mão que segura a palheta. Na prática, o instrumentista aperta as cordas com as duas mãos. Por isso o nome two hands.

Nesse contexto, o recurso é amplamente utilizado em instrumentos de cordas, especialmente a guitarra. Assim, o músico pode empregar a técnica para fazer frases com velocidade ou tocar notas mais distantes, que a mão esquerda não consegue alcançar.

Em uma tablatura, o tapping é representado pela letra T. Normalmente, a sigla é posicionada acima do número da casa cuja nota deve ser tocada com a técnica.

Quem criou a técnica de tapping na guitarra?

Aqui, não há consenso. Apesar de muitos atribuírem a Eddie Van Halen os créditos da criação do tapping na guitarra, é sabido que outros músicos utilizaram o recurso anteriormente.

Por exemplo, o violonista italiano Vittorio Camardese já executava o tapping na década de 1960, conforme podemos observar neste valioso registro em vídeo:

Outros músicos que utilizaram o recurso foram Harvey Mandel, do grupo Canned Heat, e Steve Hackett, do Genesis. O próprio Joe Satriani afirmou que empregou a técnica antes de ela se tornar popular. Por fim, há ainda quem garanta que o tapping já era utilizado por violonistas eruditos no século XIX.

Seja como for, todos concordam que Eddie Van Halen foi o responsável por levar a técnica a outro patamar no fim da década de 70. Mesclando o tapping com seu timbre e a virtuosidade tão característicos, o guitarrista revolucionou o mundo da música com o two hands.

Qualquer um pode fazer tapping?

Sim, qualquer guitarrista pode executar a técnica de tapping. No entanto, para fazer two hands perfeitamente, antes você precisa dominar os movimentos de Hammer On e Pull Off, ok?

Além disso, é importante conhecer as principais escalas musicais e saber ler tablaturas. Assim, será mais fácil tirar músicas e praticar exercícios. Portanto, tenha paciência e respeite os seus limites.

Inicialmente, você pode sentir um pouco de dor e desconforto. Em contrapartida, com persistência e dedicação, qualquer músico pode, sim, dominar o tapping na guitarra.

Outra questão importante: nem todo tapping precisa ser superveloz ou visualmente impressionante. Às vezes, você fará movimentos básicos, mas que embelezam o arranjo. Então, lembre-se que, quando falamos de guitarra, a música é mais importante do que a técnica. Sempre.

Afinal, como executar o tapping na guitarra?

Antes de mais nada, tenha em mente que usar uma boa dose de distorção facilita muito o tapping na guitarra. Como resultado, as notas ficam mais fluidas e com maior sustentação.

Porém, para evitar ruídos exagerados, uma boa tática é abafar as cordas que não estão sendo tocadas. Nesse sentido, se você é destro, encoste levemente a lateral da mão direita nas cordas perto da ponte (para os canhotos, é o movimento contrário).

Assim, aqui vai um exercício básico de tapping: na mizinha, aperte a casa 10 com o dedo indicador da mão esquerda. Palhete a nota. Logo depois, com um dos dedos da mão direita, martele a casa 15 da mesma corda, retirando o dedo em seguida.

Em outras palavras, com a mão direita, você deve fazer um hammer on seguido de um pull off na casa 15 enquanto a nota da casa 10 está soando. Na videoaula abaixo, você pode conferir esse exercício:

Ok, mas qual dedo você deve utilizar? A resposta é simples: o que for mais confortável. Porém, é possível afirmar que grande parte dos guitarristas prefere utilizar o dedo médio ou o indicador. Os mais avançados, por sua vez, utilizam até três dedos simultaneamente para a técnica, tocando várias cordas dentro do mesmo riff ou lick.

Ao mesmo tempo, há ainda quem prefira apertar a nota com a palheta em vez de usar o dedo. Dessa forma, o timbre fica diferente, mais brilhante e marcado. Porén, aos iniciantes, recomendamos que iniciem na técnica tocando da maneira mais comum, com os dedos mesmo.

É possível fazer tapping no violão?

Se você já está viajando nas novas possibilidades sonoras descobertas hoje e quer saber se é possível fazer tapping no violão, a resposta é: claro! No entanto, há algumas particularidades.

Em primeiro lugar, provavelmente você não contará com a ajuda da distorção para destacar o recurso de two hands. Então, é preciso ser muito certeiro e preciso nos movimentos, combinado? Isso vem com a prática.

Outra dica é buscar fazer o tapping junto com harmonias, adicionando notas a acordes. Trata-se de uma abordagem muito utilizada por violonistas, enquanto os guitarristas tendem a aplicar o recurso mais em solos. Porém, não há regras. Deixe a sua criatividade fluir!

Exemplos de músicas com tapping

Você agora sabe o que é a técnica de tapping, mas ainda está com dificuldades de entender como ela é aplicada na prática? Fique tranquilo, pois destacamos algumas canções icônicas que utilizam o recurso. Confira!

Eruption — Van Halen

Não poderíamos começar com uma música que não fosse executada por Eddie Van Halen. Afinal, ele é o mestre dos mestres quando o assunto é tapping na guitarra!

Uma das faixas mais emblemáticas da história do instrumento, Eruption é um formidável exemplo de como a técnica pode fazer queixos caírem automaticamente.

One — Metallica

Um dos maiores hits do Metallica, One tem uma parte final alucinante e muito pesada. Nesse sentido, grande parte da energia do trecho é resultado da técnica de tapping, você já reparou?

Sem delongas, o solo de Kirk Hammett já começa com a aplicação do recurso, que gera um efeito frenético e intenso. Confira:

If I Had a Car — Daniel Padim 

Nem só da guitarra vive o tapping. Prova disso, a música If I Had a Car, do violonista brasileiro Daniel Padim, conta com o movimento em um dos trechos.

Assim, note no vídeo abaixo como ele usa a técnica de tapping para abrilhantar essa composição acústica no estilo fingerstyle.

Reapers — Muse

Tapping no riff de introdução pode? Sim, com certeza! A faixa Reapers, do grupo Muse, mostra como a sonoridade característica do tapping pode se tornar a marca registrada de um arranjo.

Com o groove da bateria de fundo, o guitarrista Matthew Bellamy emenda várias notas distorcidas com tapping.

For That Second — Rob Scallon

Por fim, uma música com uma abordagem de tapping um pouco diferente. Aqui, o guitarrista e youtuber estadunidense Rob Scallon emprega harmonias muito belas com som limpo.

O toque final vem com notas agudas, realizadas com tapping. Assim, elas complementam os acordes, gerando vozes muito ricas.

Aperfeiçoe a sua técnica com o Cifra Club Academy

E aí, curtiu as informações sobre a técnica de tapping na guitarra? Agora, você já sabe tudo sobre esse recurso tão importante para as seis cordas!

Ao mesmo tempo, não podemos deixar de fazer uma pergunta: você já conhece o Cifra Club Academy? Trata-se da nossa plataforma online de cursos musicais, entre eles o de guitarra!

Lá, você conta com um método completo e intuitivo, desenvolvido pelos nossos melhores professores. Além disso, você pode assistir às aulas quando e de onde quiser, por um preço que não vai prejudicar o seu orçamento. Legal demais! Portanto, o que você está esperando? Venha se tornar um guitarrista completo com a gente agora mesmo!