Ouvi notícias de muito longe, 
batendo na minha porta
Eu vi os garfos, eu vi as facas, em 
cima da mesa posta
Pra que mensagens e telegramas e se 
você chega e some
Tenho dinheiro, eu tenho CPF, eu não
 me lembro é do meu nome

Ouvi notícias de muito longe, 
batendo na minha porta
Eu vi os garfos, eu vi as facas, em 
cima da mesa posta
Pra que mensagens e telegramas, se 
você chega e some
Tenho dinheiro e CPF, eu não me 
lembro é do meu nome

Não há mais festas, nem carnaval
Acho que eu fui enganado
Me diga as horas, eu vou me embora
Hoje eu tô atrasado

Pra que escolas e faculdades, não há
 mais nada à perder
Eu já nem penso, eu já nem cresço, eu não consigo escrever Sou faixa preta, toco guitarra, um dia vou pular de asa Trabalho a noite, durmo de dia, nem sei se volto pra casa Não há mais festas, nem carnaval Acho que eu fui enganado Me diga as horas, eu vou me embora Hoje eu tô atrasado Olho pro trânsito, olho o sinal, tá tudo engarrafado Fitas K7, computadores e homens codificados Tem uma loira que tá afim, a ruiva diz que me ama A negra quer, eu já nem sei, quem eu levo pra cama Não há mais festas, nem carnaval Acho que eu fui enganado Me diga as horas, eu vou me embora Hoje eu tô atrasado Tô abafado, me dá licença, vê se sai da minha frente Tenho miopia, sou hipotenso, meu pé tá sempre dormente Amsterdã, via Paris, acho que é nesse que eu vou Mudei o corte do meu cabelo, já nem sei como eu sou Não há mais festas, nem carnaval Acho que eu fui enganado Me diga as horas, eu vou me embora Hoje eu tô atrasado Tô atrasado, tô atrasado, tô tô tô Tô atrasado, to atrasado, to atrasado, tô tô tô To atrasado, to atrasado, to atrasado, atra atra
Composição: Karl Hummel / Marcelo NovaColaboração e revisão: Aecio Junior