Ai Yô Yô Linda Flor

Claudia Barroso

Ai, yô yô eu nasci pra sofrer Fui olhar pra você meus olhinhos fechou E quando os olhos eu abri quis gritar, quis fugir Mas você, eu não sei por que você me chamou Ai, yô yô tenha pena de mim
Meu senhor do bonfim pode inté se zangar E se ele um dia souber que você é que é O yô yô de yá yá Chorei toda noite, pensei Nos beijo de amor que te dei Yô yô meu benzinho do meu coração Me leva pra casa, me deixa mais não - Bis Solo e II Parte Finaliza
Composição: Colaboração e revisão: ROMULO TRINDADE

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.