Ah! Se você me deixar, me deixe 
devagar
Se é hora de partir, que parta sem 
eu ver
Não custa me mentir, não custa eu 
não saber
Ah! No instante de seguir, que siga 
sem sorrir
Aperte a minha mão me cante uma 
canção
Me faça acreditar que tudo vai voltar Não, não diga que se vai me engane quando for Invente se puder qualquer frase de amor Não fite os olhos meus para eu não ver o adeus E vá com deus deixe em paz minha vida Me acostumei a ver tanta partida E se eu chamar nunca olhe pra traz para eu não chorar - Bis Solo II Parte e Refrão
Composição: Almir Rogério / Ary Barroso / Carlos SantorelliColaboração e revisão: Maria Silva

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.