Quantas noites não durmo A rolar-me na cama A sentir tantas coisas Que a gente não pode explicar quando ama
O calor das cobertas não me aquece direito Não há nada no mundo Que possa afastar esse frio do meu peito Volta, vem viver outra vez a meu lado Não consigo dormir sem teu braço Pois meu corpo está acostumado - bis
Composição: Colaboração e revisão: Maria Silva

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.