Click Clack Bang

Conexão Do Morro

Tem rato na área mano corra perdão é
 coisa rara
Mesmo estando na sua não querem 
saber então saia
De uniforme cinza assassinos são os 
homens
Pilantras como eles por aqui existem
 um monte
Pedreiros nas bocadas você sabem 
fazem fila
Perderam o respeito não tem mais 
amor a vida
Crianças inocentes aviãozinho de 
várias bocas
Ganhando um salário por semana
Nem se conta
Cagueta lá área eu te garanto vai 
cair
Só correm não tem chance não podem 
mais sorrir
Não vou morrer não devo nada pra 
ninguém
Mas de vez em quando eu vejo eles 
matando alguém
Eles me perguntam se eu vi mas eu 
não falo
Estava no barraco
Com manos me ajudando é assim que eu
 escapo

(2x) muito bem saiam da mira dos 
tiras
Saiam da mira dos tiras
São eles é quem forçam são eles quem
 atiram
Reze pra sobreviver

Ratos e mais ratos circulando as 
favelas
Muito bem saiam da mira dos tiras
São eles é quem forçam são eles quem
 atiram
Reze pra sobreviver
Os ratos sim sem duvida vão sorrir 
por que
A vida na favela é assim
Mirou atirou com certeza vai cair
O tiro inicial é fatal
E ai cachorrão mano cobra eu to 
legal
Chegou a hora mais um corpo já caiu
A alma subiu para o céu
Quem matou fulano no natal não foi 
papai noel
Idéia vai idéia vem no domingo morre
 alguém
Quem matou morreu também
Mais que todos moleque perigoso
Com a mente feita era corajoso
Guri seu sono é eterno Sua carta eu já escrevi Está chegando ai Seu corpo está em paz isso é tudo que eu quero Sua alma é incapaz esteja bem no inferno Posso lhe dizer que vários estão indo Também posso lhe dizer que é por causa do cachimbo Ho confusão saia da função Antigamente era bom Se toque se ligue então Ouça o nosso som Tá o pó só o osso Com a corda no pescoço O esqueleto está andando por aqui Perigo janelas fechadas Neblina total roubo de varal Se quer encontrar os seus bagulhos Então corra na bocada é fatal Mas cuidado com a isca Cuidado não arrisca Se eles te tromba eles te tomba Se vacila eles atiram Muito bem saiam da mira dos tiras São eles é que forçam são eles quem atiram (2x) muito bem saiam da mira dos tiras Saiam da mira dos tiras São eles é quem forçam são eles quem atiram Reze pra sobreviver A covardia toma conta do lugar Dando mancada roubando os caras Só pensam em se drogar Só idéia de animal Deste esquema estou legal Porque Queira viver você também Não de mancada com ninguém Você merece você merece uma explicação Se der mancada sem perdão Pa pa pa pum pa caixão Vocês está conhecendo a quebrada por dentro Não se assuste com a gente atitude é 100% Estamos de volta detonando tudo Espalhando nossa mensagem para o mundo Ra ra ratos e mais ratos me parando Querendo saber quem eu sou Quem é você eu sou o cobra Conto com o apoio do meu mano d o g Dj la pode crê pa pa pa pum pa Pode vir que eu quero ver Pode vir vem click clack bem Mano cobra nas paradas Uma serpente cobra criada Vacilou pode acreditar Que é a lei da favela Pode se preparar Dando mancada na quebrada Por causa de um tênis De um relógio véio Cavando a cada cemitério Pilantras como você Com certeza vai cair E pode ter certeza que não vai subir Vais descer pra queimar no inferno Já prepararam as madeiras pro seu terno Não teve humildade sem chance Aqui é o cdm muito mais pesados do que antes (2x) muito bem saiam da mira dos tiras Saiam da mira dos tiras São eles é quem forçam são eles quem atiram Reze pra sobreviver
Composição: Cachorrão / Mano CobraColaboração e revisão: Usuário Brasileira

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.