busca

Quando a Saudade Dói

Daniel

Tom: D
(intro) D A G D A G A A7

(Solo da introdução)

E|--2/5-5-5--3-3-3--2/5-5-5h7h5--|--2-2-2-2-3-5-0----|
B|--3/7-7-7--5-5-5--3/7-7-7------|--3-3-3-3-5-7-2----|
G|-------------------------------|-------------------|

E|--7-7-7-9--10-9--7-5h7h5-------|--10-10-10-9---7-7-7-5---|
B|--8-8-8-10-12-10-8-7-----------|--12-12-12-10--8-8-8-7---|
G|-------------------------------|-------------------------|

E|--3-5-7-5-7--5-3-2-2-----------|
B|--5-7-8-7-8--7-5-3-3-----------|
G|-------------------------------|

D                 A      G                D
Quando a saudade dói eu passo a mão na viola
D                     A       G               A  A7
Seu ponteio é que consola o peito desse cantador
D                 A      G               D
Quando a saudade dói eu pego o retrato dele
D                    A    G    A            D   A7
E canto olhando pra ele lamentando a minha dor
F#M                      G                D
Quando a saudade dói eu canto feito passarinho
D                 A          G           D
Solitário nesse ninho tão sozinho...sigo a cantar
F#M                      G               D
Quando a saudade dói procuro evitar o pranto
D                   A     G         A      D   A7
É por isso que eu canto, canto pra não chorar

(Refrão)
D                                     A
Quando me bate a saudade a solidão devora
                 G                             A  A7
Aí minha viola chora, saudade é dor que me corrói
D                                     A
Aí o jeito é cantar pra amenizar o tédio
                     G    A                D
A viola é o meu remédio, quando a saudade dói
D                 A      G               D
Quando a saudade dói eu pego o retrato dele
D                    A     G   A            D  A7
E canto olhando pra ele lamentando a minha dor
D                                     A
Quando me bate a saudade a solidão devora
                 G                             A  A7
Aí minha viola chora, saudade é dor que me corrói

(Refrão)
D                                     A
Quando me bate a saudade a solidão devora
                 G                             A  A7
Aí minha viola chora, saudade é dor que me corrói
D                                     A
Aí o jeito é cantar pra amenizar o tédio
                     G    A                D
A viola é o meu remédio, quando a saudade dói

Clipes

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios