Corda Bamba (part. Lourena)

Delacruz

Ai
Ah, se eu pudesse te contar tudo que
 passa e sinto ao entardecer
Eu não seria o que penso e forte o 
bastante pra me ter
E quem diria que voar seria tão 
difícil pra quem crer
E quem viu e quem vê, acima do céu o
 limite
Deixa ser, e o que for pra acontecer

Acontece e vem de lá
A vontade deixa ser
E esquece, deixa ser
Que o que for pra acontecer
Acontece e vem de lá
A vontade deixa ser

Vivendo em corda bamba pra não cair Eu trouxe flores pra tentar te impressionar Espero que entenda o porque d'eu sumir É que a cabeça gira e não sai do lugar Vivendo em corda bamba pra não cair Eu trouxe flores pra tentar te impressionar Espero que entenda o porque d'eu sumir É que a cabeça gira e não sai do lugar É, o caminho do bem Está tão complicado e não é pra qualquer um Não, Eu sei, algo estar errado pois eu sinto medo E ainda nem escureceu E mesmo que se feche o céu, vou resistir com fé Eu sou mais eu E quem vier não vai saber de nada do que aconteceu Vivendo em corda bamba pra não cair Eu trouxe flores pra tentar te impressionar Espero que entenda porque deu sumir É que a cabeça gira e não sai do lugar Vivendo em corda bamba pra não cair Eu trouxe flores pra tentar te impressionar Espero que entenda porque deu sumir É que a cabeça gira e não sai do lugar
Composição: Daniel Azevedo Da Cruz / Delacruz / Filipe Cavaleiro De Macedo Da Faria / Gustavo Pereira Marques / Kayuá / Lucas Malak / MC Du Black / Sant / Tiago MacColaboração e revisão: Ana Vieira

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.