A Chuva

Diamba

Tom: G
( D   E) - Música toda fica nessas 2 notas que são tocadas em 4 tempos.

Que a chuva caia sobre todo o meu teto
E eu não possa fazer nada
Só esperar e sentir a sensação
Que ali está presente, Deus
Mas eu que sou puro de pensar
Ai, Deus (diz porque) de querer viver em mundo seu

Que a chuva kaya e eu fique a mercê
De um delírio natural
Do tilintar dos pingos em minhas telhas
Suas sombras irrigam as covas dos quintais
Quintas de onde eu fui menino e sei
E brinquei (brinquei) fantasias

Que a chuva e a kaya brindem no meu quintal
Que a kaya e a chuva são ofertas de Jah
Que a chuva e a kaya brindem no meu quintal
Num tilintar, maravilhoso tilintar

Um pingo, umzinho
Um pingo, umzinho pra você
Um pingo, umzinho pra mim
Um pingo, umzinho pra você também
Composição: Colaboração e revisão: DANILO OLIVEIRA