Nuvem Negra

Djavan

A7(b13)
12
X0X021
A7(b5)
12
X0102X
A7(b9)
1234
5X532X
Am/G
1234
3X221X
Am6
1234
5X455X
Am7
12
X02010
Bb
234
X13331
C7(9)
1234
X3233X
C7M(9)
1234
X3243X
D#m6
1234
XX1312
D#°
1234
XX1212
D#°(b13)
1234
X6X577
D/F#
1234
2X0232
Dm7(9)
1234
X5355X
Em7
123
022030
F7M
1234
1X221X
Fm6
123
1X011X
Fm7
1234
1X111X
G7(4/9)
1234
3X321X
G7(9)
123
3X320X
Gm7
1234
3X333X
Tom: G
C7M(9)                   A7(b5)
       Não adianta me ver       sorrir
  Am6                     Fm6
Espelho meu    meu riso é seu
          Em7   Dm7(9)
Eu estou ilha----da
Em7                  A7(b5)
     Hoje não ligo a TV
              Am6
Nem mesmo pra ver  o Jô
        G7(4/9) G7(9)
Não vou sair
       Em7          A7(b13)
Se ligarem não estou
    D/F#         Fm6
À manhã  que vem
        Em7            A7(b13)
Nem bom-dia  eu vou dar
      D/F#         Fm6
Se chegar  alguém
                Em7
A me pedir um favor
           Am7 Am/G
Eu não sei
     D/F#          Fm6
Tá difícil  ser eu
Em7                Gm7    C7(9)
Sem  reclamar de tu-----do

F7M                        Fm7
Passa  nuvem negra larga o dia
        Bb             Em7
E vê se leva o mal  que me   arrasou
            D#°(b13)               D#m6
Pra que não faça sofrer mais ninguém
F7M                              Fm7
    Esse amor que é raro e é  preciso
        Bb            Em7
Pra nos levantar  me derrubou
           D#°(b13)             D#m6
Não sabe parar de crescer e doer

F7M                        Fm7
Passa  nuvem negra larga o dia
        Bb             Em7
E vê se leva o mal  que me   arrasou
            D#°(b13)               D#m6
Pra que não faça sofrer mais ninguém
F7M                              Fm7
    Esse amor que é raro e é  preciso
        Bb            Em7
Pra nos levantar  me derrubou
           D#°(b13)             D#m6
Não sabe parar de crescer e doer


( Fm6  Em7  D#°  D#°(b13)  F7M  Fm7  Fm6  Em7  A7(b9) )

                   A7(b5)           Am6
Não adianta me ver       sorrir  espelho meu
Composição: DjavanColaboração e revisão: Paulinho FerreiraRodolfo Gonçalves