busca

Quatro Paredes Branca

Duduca e Dalvan

Tom: C
(intro)  F C G7 C F C G7 C

C           F       C
Quatro paredes branca
                              G7
Assistem calada o meu triste fim

A mulher que eu amo tanto
                                              C
É  por ironia a doce enfermeira que cuida de mim
       F               C
Sem saber que foi por ela

Que  sempre bebendo destruí minha vida
            C7                 F
Vida sem gloria que vai terminar;
                  G7         C
Mas eu tenho um consolo esse dia
                           G7
Que a minha mais doce alegria
        F      G7         C
O meu fim ela vai presenciar.

C         F       C
O homem que ela ama
                                              G7
Não vê a luz do dia é um prisioneiro da escuridão

Quero doar meus olhos, pois assim continuo
                                                  C
A  ver sua imagem depois que parar meu pobre coração.
          F       C
Assim a mulher querida
                               C7          F
Meus olhos terão a felicidade que não conheci
           G7           C
E verás a sorrir novo rosto
                             G7
Encontrando os meus sem desgostos
                 F     G7       C
Meus olhos que tanto choraram por ti.

Clipes

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios