Ladrão de Lágrimas

Duzz

Am
123
X02210
Am/G
1234
3X221X
F
234
133211
G
123
320003
Tom: G
[Intro] Am Am/G F G Am Mãos na cabeça é um assalto Am/G Roubando lágrimas, voando alto F Esse tom já é tão clichê mas me seduz G Que o aladdin fez esse beat e disse que esse é type duzz Am O silêncio desse cômodo tem me falado coisas que ninguém havia dito Am/G E eu nunca me sinto cômodo Por isso sempre minha mente é uma zona de conflito F Castelando fragmentos enquanto jogo castle vania G Dividindo sentimentos com um diabo da Tasmânia Am Batendo tazzos, sonhos tão razos A vida sempre foi acasos por acasos Am/G Encontro rosas, mas eu sou um cravo Tipo dual core, com tanto gráfico assim eu travo F Mas um eu cravo, sou chato, não bravo Roubando lágrimas, minha alma eu lavo Tipo designer, minha arte eu trago G Ao invés de panda, minha demanda Me pede um monstro do lago Am Yeah Tô com a cabeça tão cheia de merda Am/G hoje Nem essa mina de quatro na minha F cama ia distrair Yeah Mas uma merda que eu digo hoje G Porque só de pensar eu me destrai
Am De quem é a culpa, se ela não é Am/G minha? De quem é a culpa, se ela não é F minha? De quem é a culpa, se ela não é minha? G De quem é a culpa? Am É o fogo que tem apagado o calor É o jogo que tem amargado o sabor Am/G Palmas pras mentiras que eles canta Que eles acredita, que o povo se F encanta Vende-se Dolly na embalagem de Fanta É o diabo desfarçado que inicia a guerra santa A mente abre quando o peito tranca G Fiquei doente procurando pela pomba branca Am Estanca o que sangra Depois você seca o sangue Am/G Os que não tava comigo lá no prensado Não vão tá no skunk e blunt F É visão de instante Efeito constante Nada é o bastante Tudo é desgastante Ninguém comemora minha angústia G Porque sempre eu tô enganando no semblante Am Não é questão de lifestyle Tô vivendo intensamente frame a frame Am/G Virei o poeta predileto do meu pai Que se foda o rap game F Só eu sei dos meus sorrisos Só eu sei das minhas mágoas Só eu sei que em madrugadas de insônia G Solitário os meus olhos imitaram nicarágua Am A minha vida tem sido um inferno É por isso que adorei sua frieza Am/G Pelo menos hoje acordei feliz Porque ontem eu fodi com a minha tristeza F Não ligo pro que eles falam Também sou de carne e osso E o primeiro passo Pra minha vitória G Foi aquele que eu dei no fundo do poço Am De quem é a culpa, se ela não é Am/G minha? De quem é a culpa, se ela não é F minha? De quem é a culpa, se ela não é minha? G De quem é a culpa, se ela não é Am minha? De quem é a culpa, se ela não é Am/G minha? De quem é a culpa, se ela não é F minha? De quem é a culpa, se ela não é minha? G De quem é a culpa, se ela não é minha? [Final] Am Am/G F G
Composição: Eduardo DuzzColaboração e revisão: Guilherme Francisco

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...