Abrem-se os caminhos

Edi Rock

Alexandre Carlo
Uhhh ohhhh Uhhh ohh rê


Os reggae man e os vida loka
Juntos para todo mundo ver
Que a união é o que faz a força
Abrem-se os caminhos pra vencer


Os reggae man e os vida loka
Juntos para todo mundo ver
Que a união é o que faz a força
Abrem-se os caminhos pra vencer


Desde os tempos do nosso tatatataravô
Que eles vem disseminando a discórdia entre os irmãos
Técnica avançada de colonizador
Colocar um contra o outro pra depois tocar o terror
É bom viver, Rocinha e o Morro do Alemão
Ceilândia e o Recanto, Itaquera e o Capão
Entenderem que matarem uns aos outros, NUNCA, será a solução
Mas tretas são tretas, cada qual vai resolver
Da forma e no tempo que bem entender
Só que talvez isso seja a melhor coisa, pro sistema que controla você


Os reggae man e os vida loka
Juntos para todo mundo ver
Que a união é o que faz a força
Abrem-se os caminhos pra vencer


Os reggae man e os vida loka
Juntos para todo mundo ver
Que a união é o que faz a força
Abrem-se os caminhos pra vencer


A rima rapaz é o reggae de man
É o canto da vida que é loka tambem
Antiga visão, não troca a missão
Chama a mulher pra dançar vem também
Descanse as armas nós somos iguais
Chega de sangue em capa de jornais
Chega de kilo, chega de grama
Chega no bang e gangues rivais
Bandeira estiada, paz na quebrada
Quem mata é policia, isso é outra pegada
Quem é do povo, quem é da massa
Sabe quem é, e quem vive na raça
A bala que traça de nunca pro outro
Estoura a vidraça, estilhaça o povo
Mano ta osso, pera um pouco
Deixa passar essa brisa de louco


Reggae man e os vida loka
Abrindo a cabeça dos cabeça oca
E qualquer reclamação pro povo hoje é pouca
Aqui tiozinho ninguém dorme de touca
Viro as costas, fez humilde doente os viciados
Defende os seus interesses de todos os lados
Interesse do seu lado eu entendo talvez
E pra mim e pro povão bandido o que você fez
Do engenho novo até o capão, com certeza pros meus irmãos, pérignon
Sim, respeita nossa estrada Natiruts, Edi Rock e O Rappa
Ahh aaai
Aumenta o som
Deixe quem fale que bate, deixa quem ja bateu, um dia de frente 'prum' bonde, e ai perdeu
Deixe quem fale que bate, deixa quem ja bateu, um dia de frente 'prum' bonde, e ai perdeu
Ah ah ah ah uh
Deixe quem fale que bate, deixa quem fala que ja bateu, um dia de frente pro bonde, ai perdeu


Reggae Man e os Vida Loka na moral
É tudo, é tudo racional
Vida loka uns tem tão pouco
O reggae
O bagulho aqui é doido
Reggae man
Reggae man
Vida Loka
Vida Loka
Vivo pra você ver, a união é o que faz a força, reggae man, reggae man, vida loka


Os reggae man e os vida loka
Juntos para todo mundo ver
Que a união é o que faz a força
Abrem-se os caminhos pra vencer


Que a rima rapaz, é o reggae de man
Que a vida é bandida, que é loka também


Eis ai o R-O-C-K em ação, chegando junto, na pista na missão
Alexandre DF, RJ Falcão, mais uma união
Representando o asfato e o morro na situação negão

Composição: Alexandre / Edi Rock / FalcãoColaboração e revisão: Gabriel Ayres

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...