Quem Tem Um Amigo Tem Tudo

Emicida

Am6
1234
5X455X
B7(9)
1234
X2122X
Bm7
34
X24232
C#7(9+)
1234
X4345X
C#m7
34
X46454
D9/E
123
XX2230
E
123
022100
E7M
1234
XX2444
F#m
34
244222
F#m7
1234
2X222X
G#m7
1234
4X444X
Tom: E
E E7M F#m7 Quem tem um amigo tem tudo B7(9) Se o poço devorar, ele busca no E fundo E7M É tão dez que junto todo stress é F#m7 miúdo B7(9) É um ponto pra escorar quando foi Bm7 absurdo D9/E C#m7 Quem tem um amigo tem tudo Am6 Se a bala come, mano, ele se põe de G#m7 escudo C#7(9+) Pronto pro que vier mesmo a F#m7 qualquer segundo B7(9) É um ombro pra chorar depois do fim E do mundo E7M Ser mano igual Gil e Caetano F#m7 Nesse mundo louco é pra poucos, B7(9) E tanto sufoco insano encontrei E7M Voltar pra esse plano e vamos estar voltando F#m7 É tipo Rococó, Barroco em que B7(9) Bm7 Aleijadinho era rei D9/E É presente dos deuses, rimos C#m7 quantas vezes? Am6 Como em catequeses, logo perguntei G#m7 C#7(9+) Pra Oxalá e pra Nossa Senhora F#m7 Em que altura você mora agora, um B7(9) E dia lhe visitarei E7M Ser mano igual Gil e Caetano F#m7 Nesse mundo louco é pra poucos, B7(9) E tanto sufoco insano encontrei E7M Voltar pra esse plano e vamos estar voltando F#m7 É tipo Rococó, Barroco em que B7(9) Bm7 Aleijadinho era rei D9/E É presente dos deuses, rimos C#m7 quantas vezes? Am6 Como em catequeses, logo perguntei G#m7
C#7(9+) Pra Oxalá e pra Nossa Senhora F#m7 Em que altura você mora agora, um B7(9) E dia lhe visitarei E7M Tantas idas e vindas cantam F#m7 histórias lindas B7(9) Samba que toca ainda, camba desde E Cabinga E7M Classe aruanda brinda, plantas, F#m água e moringa B7(9) Sabe, imbanda não finda, acampa no colo da dinda E E7M E volta como o Sol F#m7 Cheio de luz e inspiração rompendo B7(9) a escuridão E Quem divide o que tem é que vive E7M pra sempre F#m7 E a gente humildemente lembra no B7(9) refrão Assim, ó E E7M F#m7 Quem tem um amigo tem tudo B7(9) Se o poço devorar, ele busca no E fundo E7M É tão dez que junto todo stress é F#m7 miúdo B7(9) É um ponto pra escorar quando foi Bm7 absurdo D9/E C#m7 Quem tem um amigo tem tudo Am6 Se a bala come, mano, ele se põe de G#m7 escudo C#7(9+) Pronto pro que vier mesmo a F#m7 qualquer segundo B7(9) É um ombro pra chorar depois do fim E do mundo E E7M O amigo é um mago do meigo abraço F#m7 B7(9) É mega afago, abrigo em laço E E7M Oásis nas piores fases quando some F#m7 o chão e as bases B7(9) Quando tudo vai pro espaço, é isso E E7M O amigo é um mago do meigo abraço F#m7 B7(9) É mega afago, abrigo em laço E E7M Oásis nas piores fases quando some F#m7 o chão e as bases B7(9) Quando tudo vai pro espaço, é isso E E7M F#m Quem tem um amigo tem tudo (valeu, Emicida, brigado aê) B7(9) E Quem tem um amigo tem tudo (mais uma vez) E7M F#m Quem tem um amigo tem tudo (valeu, amigo, já é terceira vez, hein?) B7(9) Bm7 Quem tem um amigo tem tudo (valeu, professor Zeca Pagodinho) D9/E C#m7 Quem tem um amigo tem tudo (é isso mesmo) Am6 G#m7 Quem tem um amigo tem tudo (valeu, meu eterno parceiro Wilson das Neves) C#7(9+) F#m Quem tem um amigo tem tudo (o orixá que tivemos a honra de conhecer em vida) B7(9) Quem tem (oh, sorte) E E7M F#m7 Quem tem um amigo tem tudo B7(9) Se o poço devorar, ele busca no E fundo E7M É tão dez que junto todo stress é F#m7 miúdo B7(9) É um ponto pra escorar quando foi Bm7 absurdo D9/E C#m7 Quem tem um amigo tem tudo Am6 Se a bala come, mano, ele se põe de G#m7 escudo C#7(9+) Pronto pro que vier mesmo a F#m7 qualquer segundo B7(9) É um ombro pra chorar depois do fim E do mundo
Composição: Tim MaiaColaboração e revisão: Daniel ItoRenan Almeida

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.