Churrasco

Face da Morte

Aproveita a levada, que é malandreada
E mando meu salve pra todas baixadas
Todos os morros e todas quebradas
Sempre na base da velha humildade
Onde eu passo é aquilo, só deixo amizade
É aqui, é ali,
Do oiapoque ao chuí
Por todo país, de leste a oeste, do sul ao norte
Aqui prevalece a idéia que é forte
Eu sou pelo certo e detesto o errado
Por isso onde eu chego sou considerado
Na minha área,
Então, nem se fala
Uma pá de aliado tirando um barato
Quase todo dia lá no santa rita
Rola um churrasco no bar do geraldo
E cola uns doidos lá do outro lado
Marcão, adriano,
E outros manos lá do santo antônio
Firmeza total, fica dominada,
Só sangue bom rolaldo na área
Se eu tô na quebrada,
Pra mim tô no céu
Realidade cruel
Acabou de chegar
Aí manos lá,
Pega ficha, se pá,
Vamos bater um bilhar
O time é a copa, firmeza, sem treta
Olha o toninho lá na churrasqueira
E aí vagninho, pega outra breja
Fala pro gog ligar o som do carro
O jimmy borrone completa o cenário
Jimmy borrone completa o cenário


(só os louco
Só os louco
Só os louco
Só os louco)


Parada bem louca pra lá de mil grau
Se pá na seqüência rola um james brown
Depois toca aí um samba pra mim
Um samba bom de verdade
Tipo bezerra da silva, produto do morro
Só fala a verdade
Então, toca um samba pra mim
Desses que não se faz mais
Falo do sensação, da leci brandão,
Fundo de quintal e de jorge aragão
Sem esquecer nosso rap,
Mais forte que baque,
Mais forte que crack
Exige respeito pra comunidade
Busca o resgate da dignidade
É um tapa na cara da sociedade
Burguesa, covarde, capitalista
O rap é um grito antiimperialista
É lá do pobre que habita a favela
Que exige justiça no seu dia a dia
O rap é a voz da periferia
Mas agora é o momento de descontração
Pega outra breja pra nós, sangue bom
E deixa tocar esse som miliano
Jimmy borrone rolando pros mano


(só os louco
Só os louco
Só os louco
Só os louco)


Ih, olha só quem chegou
É o tático cinza, mas já nesse hoário?
Não, não, não, não, é um trouxa aí do bairro
Ele só entra aqui quando compra cigarro
Ele curte um dance, underground, esses papo
Então deixa pra mim, vai ficar embaçado
Aí filho da putz, putz, fudeu pro teu lado
Comando falou, comando avisou,
O rap explodiu e você relutou
Também nem podia,
Se é trouxa o bastante
Pra ficar curtindo essa patifaria
Que não tem mensagem, não passa recado
Só serve pra otário balançar o rabo
Seu alienado, metido a playboy,
Você tem muita sorte: burrice não dói
Porque se doesse andava gemendo
Tudo que tem, não tem, tá devendo
Desfila de carro financiado
Som putz-putz sempre no talo
Cuidado, otário, pra não ser roubado
Despreza as mina aqui da quebrada
Não cola com os manos firmeza da área
Infelizmente esse é seu pique
Balada e uns drinque nos picos de elite
O seu barraco é uma calamidade
A coroa do cara na necessidade
Enquanto o otário sustenta as vaidades
A verdade é que você não passa de um bosta
Sai da nossa!
Some daqui e nem olha pra trás
Se pisar aqui de novo nós sobe o teu gás
Pode acreditar
Face da morte no ar
Mais uma vez chegando devagar
Pra firmar
Sempre lado a lado com a comunidade do morro


(só os louco
Só os louco
Só os louco
Só os louco)

Composição: Aliado GColaboração e revisão:

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...