Pai, às vezes penso, não estais vendo meu viver?
Sinto que minha alma chora tanto de sofrer
Chego até pensar que não vens me socorrer
Só vejo em minha frente provas, lutas e aflições
Pai, agora venho humildemente te clamar
Como Bartimeu clamou, tem compaixão de mim
Tem compaixão de mim


Filho, eu sei as tuas obras
Filho, sei também o teu viver
Filho, sou o teu fiel Amigo
Sempre estarei contigo, seja mais fiel a mim
E verás que tua vida vai mudar
E, quando menos esperares, eu te darei a vitória


Pai, agora sinto a alegria em meu ser
Sinto que mudei quando resolvi descer
Estava no meu eu, não queria me humilhar
Pensava que meu Deus de mim ia se afastar
Ouvi uma voz tão meiga a soar
Falando para mim, dizendo assim
Dizendo assim


Filho, eu sei as tuas obras
Filho, sei também o teu viver
Filho, sou o teu fiel Amigo
Sempre estarei contigo, seja mais fiel a mim
E verás que tua vida vai mudar
E, quando menos esperares, eu te darei a vitória

Composição: Colaboração e revisão: Joémerson Maia

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...