260 - Sou Servo Inútil, Ó Deus Piedoso

Hinos Avulsos CCB

Principal
C
123
X32010
Dm
123
XX0231
G
123
320003
Tom: G
[Primeira Parte]

C   G      C     Dm        C  G   
Sou servo inútil ó Deus piedoso
Dm         C  G  Dm    G     C  G   
sou sempre fraco sinto-me faltoso
C          G   Dm         C  G       
nesta imprudência rogo clemência
C    G     C    Dm      G    C    
lava minha alma clamo a ti senhor

[Segunda Parte]

C   G      C      Dm         C  G.  
Sou servo inútil, servo imperfeito
Dm      C G  Dm    G   C   G        
vivo ansioso para ser aceito
C        G  Dm        C   G
pode limpar-me,justificar-me
C     G     C    Dm     G  C    
se tu o quiseres nada impedirá

[Terceira Parte]

C   G      C      Dm      C  G      
Sou servo inútil, neste caminho
Dm      C    G  Dm    G   C     G   
sem teu cuidado que farei sozinho
C        G  Dm        C   G
este teu filho roga auxilio
C    G     C    Dm    G     C    
ouve meu pedido compaixão senhor
Composição: PamelaColaboração e revisão: Willians MartinsGabriel Santos