260 - Sou Servo Inútil, Ó Deus Piedoso

Hinos Avulsos CCB

Principal
A7
12
X02020
A7/4
12
X02030
B7
1234
X21202
Bm
234
X24432
D
123
XX0232
E
123
022100
Em
12
022000
F#m
34
244222
G
123
320003
Tom: G
D A7 D G F#m A7
1.Sou servo inútil ó Deus piedoso,
G B7 Em G Em A7/4 A7
Sou sempre fraco sinto-me faltoso,
D G E A7
Nesta imprudência rogo clemência
D A7 D Bm G A7 D
Lava minha alma clamo a ti senhor
D A7 D G F#m A7
2.Sou servo inútil, servo imperfeito,
G B7 Em G Em A7/4 A7
Vivo ancioso para ser aceito
D G E A7
Pode limpar-me,justificar-me,
D A7 D Bm G A7 D
Se tu o quiseres nada impedirá.
D A7 D G F#m A7
3.Sou servo inútil, neste caminho
G B7 Em G Em A7/4 A7
Sem teu cuidado que farei sozinho,
D G E A7
Este teu filho roga auxilio,
D A7 D Bm G A7 D
Ouve meu pedido compaixão senhor.
Composição: PamelaColaboração e revisão: michael oliveira