busca

Oração de Habacuque

Hinos Avulsos CCB

Tom: A
A                     E
Um dia, o profeta Habacuque,
D          F#    E
Sobre Sigionote orou;
A                        E
Pois ouviu a voz do Deus vivo,
D       F#     E
E houve nele temor.
 D                 E
Aviva, ó Deus, Tua obra, 
            A           E     F#
No meio dos anos has de notificar. 
        D               E                    A     A7
Na ira, lembra da misericórdia, o povo irá clamar.
D              E       A        E        F#
Deus veio de Temã, e o Santo do monte de Parã.
  D                    E             D             E         A
A Sua glória cobriu os céus, e o Seu Louvor se espalhou pela terra.

         A                     E
Resplandecia, o Senhor, como a luz;
         D          F#       E
Das Suas mãos saiam raios brilhantes,
      A                  E
A Sua força se escondia ali,
        D            F#           E
Para provar o quanto nosso Deus é grande.
 D                   E
Adiante de dele ia a peste,
           A        E           F#
E raios de fogo sob Seus Santos Pés.
      D                   E
Grandioso é o Deus que servimos,
        D           E        A      E
Que nos ouve como ouvia a Mo isés.

A                E
Parou, e mediu a terra;
D            F#       E
Olhou, e separou as nações;
          A                 E
Montes perpétuos foram esmiuçados;
     D           F#            E                     A
Os outeiros precisaram se encurvar: o andar eterno é seu.
    D                     E
Habacuque viu Cusã em aflição;
        A          E      F#
E as cortinas em Midiã tremiam;
      D                        E
Perguntaram a Deus: Por que te iras?
       D        E        A     E
Contra quem é este Teu furor?

       A                    E
Tudo tremeu diante de Ti, ó Deus,
          D     F#        E
O sol e a lua tiveram que parar;
  A                    E
Andaram à luz das Tuas flechas,
D         F#         E
Ao resplendor da Tua lança.
     D                  E
Indignado, marchou pela terra,
           A      E         F#
Também com ira trilhaste as nações.
       D                 E
Vieste para salvar o teu povo
D           E      A     E
Das grandes tribulações.

  A                E
Feristes a casa do ímpio,
      D           F#         E
Destruístes todos os seus guerreiros;
    A                   E
Desejavam, eles, me espalhar,
              D           F#      E
Vinham, alegremente, para nos devorar.
    D                 E
Mas Tu marchaste pelo mar,
              A             E         F#
Com os Teus cavalos que são cheios de força.
          D                        E
Ouvindo o ímpio, meu ventre se comoveu,
      D      E         A        E
À sua voz tremeram meu lábios.

  A                        E
Entrou a podridão nos meus ossos,
       D           F#        E
Estremeci, Senhor, dentro de mim;
    A                   E
Descanse eu no dia da angústia
           D         F#          E
Quando o Senhor vier sobre os inimigos.
            D                          E
Porquanto, ainda que a figueira não floresça,
         A          E             F#
E eu não venha encontrar fruto na vide,
            D               E
Eu sempre me_alegrarei no Senhor,
         D        E       A      E
Pois foi Ele quem me resgatou.

Toca 2x:

A           D               E
Mesmo que a oliveira não produza,
       A              D         E
E, nos campos, eu não ache mantimento,
A             D          E
Mesmo que esteja vazio o meu curral,
D        E               A
Eu me alegrarei em Ti, Senhor.

Clipes

Cifra Club Pro

Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios
Cifra Club Pro
Aproveite o Cifra Club com benefícios exclusivos e sem anúncios