Ansiedade

Joyce

Meu tempo de andar no mundo
Podia se acabar num beijo
Ou mesmo num olhar profundo


Onde eu desse um jeito de me renascer
Há tempo que meu peito espera
Impaciente um novo amor
Há tempo que ele está vazio
E a felicidade, dele se afastou


Meu tempo de andar no mundo
Podia se acabar, podia
Que bom se minha nostalgia
Desaparecesse num amanhecer
Há tempo que eu guardei meus prantos
Queria, mas não sei chorar
Alguma coisa poderia
Terminar agora todo meu penar


Meu tempo de andar no mundo
Podia se acabar num samba
Que fosse feito num segundo
Mas dissesse tudo o que eu tenho a dizer
Há tempo que eu não tiro um samba
Capaz de aliviar meu peito
Há tempo que ele nasce e morre
Num espaço breve, que lhe faço seu
Há tempo que ele nasce e morre
Num espaço breve, que eu lhe faço seu

Composição: Paulinho da ViolaColaboração e revisão: Helio Venezziti

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...