Click Clack Bum (part. Nog e Spinardi)

Kant

Kill
Ultimamente tudo que faço, refaço, no fim sinto que me irrita
Opiniões só serão aceitas se juntas vierem acompanhando fritas
Essa merda que escrevo, descrevo, me atrevo a estar influenciando vidas
Foda que tô pensando em sacar uma Glock e atirar na cabeça enquanto assisto o Mundo Bita
Acordo e me dizem: Rime, Kant, não me desanime
Cadê sua BM? Cadê sua Supreme?
Depois do DMC, cê não responde no DM, já tem uma Lamborghini
No Insta cê tеm 1M, você já ganhou um Grammy?
Kant, minha mina não geme, eu quеro um filho como o Tyler, cê me empresta o sêmen?
Kant, cê me lembra o Eminem, cê conhece? Não
Estou prestes a cometer um crime
Se eu falar disso, mano, eu não minto
Seu pedido de desculpa eu printo, pronto, tonto
Não gostou do verso, desabafa com meu pinto
Sinceramente eu dropei um quarto
O inferno já é meu quinto
Pode pá, faço vodka de vinho tinto
Saio de AK, só de H
Procurando um lugar confortável onde eu consiga ser extinto


Kill, cê nem viu
Click, clack, boom
Desvio, nenhum pio (Shhh)
Click, clack, boom
Kill, cê nem viu
Click, clack, boom
Desvio, nenhum pio (Shhh)
Click, clack, boom


Yo, ahn, ó (ó lá, hein?)
É pra vim sem dó, entende? Ó
É tipo dar um gole em um copo de cerol
Perigoso tipo dar uma arma de paintball
Pra um macaco depois dele beber cinco, seis Skol
Não, pera, se eu contar minha história
Eu vou te falar que eu tô no auge agora
Na minha memória
Tem coisa que se eu me deixar levar, só de pensar, sei que o diabo já goza
São químicos, vírgula, pílula e etc
Tudo aquilo que há de se alterar
Pra depois chegar no dia seguinte
E ver a cara da sua mãe falando: meu filho, como é que cê tá?
Com a polícia, cê vai detestar
Cê vai ter que esconder, pra não detectar
Ou vai ter que ingerir, cê vai ter que tentar
Depois morrer se não defecar, woah
Meu Deus, graças a Deus eu sobrevivi
No auge dos meus vinte (amém), beirando a UT-
E ela sabe que me deixa firme quando ela tira o biquíni
Parece cena de filme quando ela rebola a bunda
Não para se não deprime, trepa igual um filha da puta
Trepa, tre-trepa, tre-tre-tre-trepa igual um filha da puta
Eu sei que tô doente, é um vício, minha rola fica maluca
E fazer rap tá difícil com essas rima de segunda
Avisa lá pros seus amigo dessas rima vagabunda
Se quiser arrumar comigo, é tipo Missão Impossível (uh!)
Má-má-máquina dos verso, eu sou animal
(Tô-tô-tô) toma aqui meu ovo, olho gordo que chupa pau
SP capital, só moleque mil grau
Desculpa, não fica mal com esse dano cerebral
Sei que eu sou anormal, só pra fechar o final
Kant, mano, avisei que eu ia cometer um crime


Kill, cê nem viu
Click, clack, boom
Desvio, nenhum pio (shh)
Click, clack, boom


Olha, último da música de novo
Conto a novidade, quem ouve não é bobo
E pra falar a verdade, na habilidade hard
Que ela vem de caridade na cidade, que o olho arde
Vou te falar da verdade, sabe da metade?
Te confesso que eu tô velho e tô novo
E, mano, tô de cara que tu tá de cara, para que ainda tá de
Ih, vai dar merda, pode pá (ah)
Falam que é ultrapassado cantar speed flow, mas não é bem assim
Porque ultrapassado é ouvir na sua letra de novo e de novo só falar de lean
Louco de fato com a capa do mago, eu usei da palavra pra fazer dinheiro sozin
Feliz e na dor, agora cê sabe por quê que eu prefiro ostentar o amor
Toma um gole do veneno que o bico do corvo te serve na vala
Problema bateu, depende do grau do problema e te afirmo que o verme não pula na bala
Fuck PM, fuck o presidente que vocês votaram, enfia as panela na raba
Hoje meu terno tá caro, mas botei a cara com o terno de palha
(Haikaiss) pro rap é raridade, muitos omitiram essa verdade
Coitado, cê sabe, cabeça vazia, oficina do Bolsonaro
O teto que me esconde não me salva, sou Capricórnio, notório minha fé
Pois, na prática, mesma tática, ah, se não tá ligado, não tava na faixa
Só falatório, moleque se explana, então cuida as palavra, meu truta, não chame de sujo
Não chame de sujo quem antes trampava com a mão na lama, que se foda sua fama
Sei que mar calmo nunca te fez bom marinheiro, amigo
Caminhada curta, cê pode pá, nunca te fez andarilho.


Kill, cê nem viu
Click, clack, boom
Desvio, nenhum pio (shh)
Click, clack, boom
Kill, cê nem viu
Click, clack, boom
Desvio, nenhum pio (shh)
Click, clack, boom

Composição: Kant / NOG / SpinardiColaboração e revisão: kengo kengoGames 2388

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...