O Homem Que Fala Pelas Mãos

Kêita Beats

Personagem misterioso e difícil de ser encontrado
Procurado por ser um NPC enigmático
Cuidado, sou cauteloso pra nunca ser achado
E pra me achar, vai ter que encontrar os meus subordinados


Sans pra mim não foi páreo, sombrio, eu te estraçalho
Sou a sombra que te retalha sem um pingo de trabalho
Veja a grandiosidade de alguém que caiu
Do doutor que perdeu a vida pra aquilo que construiu


Tome cuidado com o homem que fala pelas mãos
Eu te observo de onde for, estou preso na escuridão
Então me diz, pra que tentar se contra mim tu é falho?
Não me causa um arranhão, preguiçoso, vai ter trabalho


De aparência assustadora e presença anormal
Eu modifico linhas do tempo, um distúrbio temporal
Eu sou a prova viva que existe vida após a morte
Acha que eu fui estraçalhado? Parece que está sem sorte


Reputação respeitada na área em que eu trabalhava
De vasto conhecimento de tudo o que eu tocava
Não errava nas conclusões, o acerto fazia parte
Eu era o cientista real antes da Doutora Alphys


NPC enigmático e fora de contenção
Eu vejo o medo no seu rosto quando eu falo com as mãos
Com a reputação de um gênio, você vai entender
Que você pode acertar aquilo que os olhos não veem


Humano, fique esperto e não cruze o meu caminho
A sua determinação não te livra nem um pouquinho
Da morte que está por vir, então o que vai fazer?
O Sans não pôde me parar, W.D. Gaster


O meu sorriso é insano, minha presença perturbadora
O cara da mente brilhante e da aura assustadora
Eu posso estar observando sem se quer ser notado
Sei de tudo o que acontece, sei de cada um o fardo


Sei quem vai me dar trabalho, sei quem nem vai dar pro gasto
Sei de tudo, sei de todos, sei o caminho que eu traço
O que foi? Me diga, Sans, será que cê tá com medo?
Ou apenas percebeu que nas minhas mãos é brinquedo


Enigmas e segredos pra tentar desvendar
Mas depois não se arrependa quando enfim me encontrar
Juro que farei o seu medo se aflorar completamente
Causo dano permanente, domino a sua mente


Buracos em minhas mãos, insano é meu sorriso
Observar a sua dor, pra mim é tão divertido
A sombra vazia e negra, onde tudo foi apagado
Sem tempo pra conversar, sem memórias do meu passado


Você não sabe quem sou e nem eu mesmo sei mais
Perdido na escuridão, entenda, nãos somos iguais
Então me diga como atacar o que olhos não veem?
O estranho NPC W.D. Gaster


Estou preso na escuridão como uma aberração
Vai precisar de mais que isso contra o homem das mãos
Sem determinação, pra mim será em vão
Hoje eu vivo no escuro por causa de uma invenção


Mas agora, eu aprendi a conviver com esse fardo
Mas agora, eu aprendi com os meus erros lá no passado
É fato, pelas sombras, fui dominado
Estou preso na escuridão, eu não posso estar do seu lado


Sans, eu só quero voltar
Tente me salvar
Só quero voltar
Tente me salvar

Composição: KeitaColaboração e revisão: Rodrigo Lima

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...