Celebrando a Vida (part. John)

L7nnon

[L7NNON]
Acredito no poder da palavra
Hoje sei que a verdade liberta
Voando alto, mesmo sem asa
E eu não cheguei com o pé na porta, 
ela já tava aberta
O problema é que cês falam tanto, 
mas não fazem nada
Agradeço muito mais que peço
Teu dinheiro e tua fama vêm da 
realidade falsa
Então não vem me dizer que isso é 
sucesso
Correndo tanto, pique Desafio em 
Tóquio
Tão fazendo história fake, muda logo
 o nome pra Pinóquio
Olha quantas pessoas te seguem
Esperando a tua visão, espero que 
não as ceguem
Preguem a igualdade racial
Não tô nem um pouco satisfeito
Olha minha expressão facial
Perguntaram se sou; sim, sou real
Alguns morrem pela cor? Sim, surreal
Acredito no sobrenatural
Nasci onde desistir do sonho já é 
cultural (RJ)
Joguei minha vida num instrumental
Escrevendo versos que fortalecem 
nosso mental

[John]
Acordo celebrando a vida
Me pego observando a paisagem
O céu é uma imensidão sem fim
Por que limitam nossa liberdade? O que se sabe sobre verdade? Por que não falam sobre o amor? Nós nos matamos por vaidade Perdão, Senhor Sigo daqui prevendo o futuro Em cima do muro? Não Não é tão seguro Escolha o pensamento mais puro Quem jura, mente É, então juro que Nunca mais errarei na vida Mais uma mentira E esse mundo é um caixa eletrônico Sonhos são cartões, insira Até que meu saldo não tá tão negativo (graças a Deus) Até que tenho alcançado os objetivos Tenho irmãos que já não voltam mais Mas que me lembram que ainda tô vivo A lógica do mundo é doideira pra mim Sigo transformando minha loucura hoje em sabedoria Após a morte, não existe mais fim Hoje digo que sou, não mais o que seria E não tem preço que paga Poder acordar, respirar e ter mais um dia normal Tem gente morrendo na maca Com a conta bancária Que podia tá comprando o hospital (Infelizmente) E não tem preço que paga Poder acordar, respirar e ter mais um dia normal Tem gente morrendo na maca Com a conta bancária Que podia tá comprando o hospital (viva) [John e L7NNON] Acordo celebrando a vida Me pego observando a paisagem O céu é uma imensidão sem fim Por que limitam nossa liberdade? O que se sabe sobre verdade? Por que não falam sobre o amor? Nós nos matamos por vaidade Perdão, Senhor Acordo celebrando a vida Me pego observando a paisagem O céu é uma imensidão sem fim Por que limitam nossa liberdade? O que se sabe sobre verdade? Por que não falam sobre o amor? Nós nos matamos por vaidade Perdão, Senhor
Composição: Cauique Façanha / Dolla / Kiaz / L7nnon / Lennon / Papatinho / Rodrigo LeiteColaboração e revisão: Eduardo Silva

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.