A Carta

LetoDie

Preso numa bolha onde tudo era perfeito
Eu conheci o mundo e com eles os seus defeitos
Eu conheci pessoas, eu fiz escolhas e estava errado
E com a maldade que me apresentaram eu fui moldado
Um dia, dois dias, tres meses, um ano e cê leva tudo no embalo
Mas quando cria-se um monstro é impossível doma-lo
E antes que ele me mate eu vou mata-lo, é a causa
Não é uma carta de despedida dessa vida
Mas considere minha a minha eutanásia


Trancado no quarto acabou a paciência
Desde a adolescência que tô assim
Cansado de fato, é a abstinência
Não tem recompensa e eu não vejo o fim
Escrevi essa carta pensando em mudar
Reavaliei e deixei pra lá
Se eu não sou exemplo pro mundo
Não é meio tarde pra falar sinto muito?
Só que eu não sinto, talvez quando minto
Esse mundo é lindo — assim que te enganam
Eles acham que eu reclamo, mas com meu problema que eu faço grana
Amigos vem e vão, inimigos são lobos famintos
Se tiver do lado errado da 45
Clima quente rima fria é pareô
Tão filmando? Então sorria, caralho!
Vai dizer que nunca apontou o dedo?
Mas o que cê faria se não fosse o medo?
Engula a palavra agora ou o choro depois
Vai pagar, tá vendo?
O mundo real não tem amor, e a lei da selva continua valendo
Os inimigos continuam me vendo
O meu sócio ainda tá me devendo
FIlho da puta, eu não to cedendo, nenhum passo atrás continuo batendo
Eu mudei, me transformei, bebi, não sei. É o santo Graal?
Olhei pro espelho e falei: cê é foda, então porra, aja como tal

Composição: LetoDieColaboração e revisão: Eduardo Aquino

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...