Bichos Escrotos

Nando Reis

C
123
X32010
C#7
1234
X4342X
Dm
123
XX0231
Tom: G
Intro:  Dm     C#7

Dm

Bichos, 
saiam dos lixos
Baratas, 
me deixem ver suas patas
Ratos, 
entrem nos sapatos
Do cidadão civilizado
Pulgas, 
que habitam minhas rugas

Onçinha pintada,
Zebrinha listrada,
Coelhinho peludo,
Vão se foder!
Porque aqui na face da terra
Só bicho escroto é que vai ter!

Dm
Bichos escrotos, saiam dos esgotos
Bichos escrotos, venham enfeitar

C
Meu lar,
Meu jantar,
Meu nobre paladar

Dm

Bichos, 
saiam dos lixos
Baratas, 
me deixem ver suas patas
Ratos, 
entrem nos sapatos
Do cidadão civilizado
Pulgas, 
que habitam minhas rugas

Onçinha pintada,
Zebrinha listrada,
Coelhinho peludo,
Vão se foder!
Porque aqui na face da terra
Só bicho escroto é que vai ter!

Dm
Bichos escrotos, saiam dos esgotos
Bichos escrotos, venham enfeitar

C
Meu lar,
Meu jantar,
Meu nobre paladar
Composição: Arnaldo Antunes / Sérgio BrittoColaboração e revisão: Marcelo Dias