Fita amarela

Noel Rosa

C#7
1234
X4342X
F#m
34
244222
G#m7(b5)
1234
4X443X
Tom: G
Intr.: C#7   F#m F#m/E D7 F#m/C# G#7
   C#7 D7

C#7            F#m             
   Quando eu morrer, não quero 
G#m7(b5)
choro,  nem vela
C#7          G#m7(b5)       
   Quero uma fita    amarela   
C#7        F#m
gravada com o nome dela
Quando eu morrer, não quero choro,  
G#m7(b5)
nem vela
C#7          G#m7(b5)        C#7
   Quero uma fita    amarela    
         F#m
 gravada com o nome dela

Se existe alma, se há outra 
       G#m7(b5)
encarnação
                  C#7              
Eu queria que a mulata sapateasse 
         F#m
no meu caixão

Quando eu morrer, não quero choro,  
G#m7(b5)
nem vela
C#7          G#m7(b5)       
   Quero uma fita    amarela   
C#7        F#m
gravada com o nome dela
Quando eu morrer, não quero choro,  
G#m7(b5)
nem vela
C#7          G#m7(b5)        C#7
   Quero uma fita    amarela    
         F#m
 gravada com o nome dela

Não quero flores, nem coroa com 
  G#m7(b5)
espinho
                  C#7              
Só quero choro de flauta com violão
       F#m
 e cavaquinho

Quando eu morrer, não quero choro, G#m7(b5) nem vela C#7 G#m7(b5) Quero uma fita amarela C#7 F#m gravada com o nome dela Quando eu morrer, não quero choro, G#m7(b5) nem vela C#7 G#m7(b5) C#7 Quero uma fita amarela F#m gravada com o nome dela Estou contente, consolado por G#m7(b5) saber C#7 Que as morenas tão formosas a terra F#m um dia vai comer Quando eu morrer, não quero choro, G#m7(b5) nem vela C#7 G#m7(b5) Quero uma fita amarela C#7 F#m gravada com o nome dela Quando eu morrer, não quero choro, G#m7(b5) nem vela C#7 G#m7(b5) C#7 Quero uma fita amarela F#m gravada com o nome dela Não tenho herdeiros, não possuo um G#m7(b5) só vintém C#7 Eu vivi devendo a todos mas não F#m paguei nada a ninguém Quando eu morrer, não quero choro, G#m7(b5) nem vela C#7 G#m7(b5) Quero uma fita amarela C#7 F#m gravada com o nome dela Quando eu morrer, não quero choro, G#m7(b5) nem vela C#7 G#m7(b5) C#7 Quero uma fita amarela F#m gravada com o nome dela Meus inimigos que hoje falam mal de G#m7(b5) mim C#7 Vão dizer que nunca viram uma F#m pessoa tão boa assim Obs: Um grande sucesso de Noel Rosa que também lhe rendeu algumas dores de cabeça, porque o compositor 'Donga’, que lançou anteriormente um samba feito de parceria com o maestro 'Aldo Taranto’, correu para os jornais a fim de denunciar Noel como plagiário. Um exagero de 'Donga’, pois um samba não tinha a ver com o outro (o de 'Donga’ dizia: ''Quando você morrer/Não pense que vou chorar/Vou procurar quem me dê/O que você não dá’’. Nada parecido, nem a letra nem a música). Na época, 'Almirante’ saiu em defesa de Noel, contando que foi ele quem sugeriu o tema ao compositor, baseado numa batucada que circulava no mundo do samba carioca e que dizia: ''Quando eu morrer/Não quero choro nem nada/Eu quero ouvir um samba/Ao romper da madrugada’’.
Composição: Noel RosaColaboração e revisão: Paulo Tadeu

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.