Tamancas do Cateretê

Orquestra Imperial

Você que está tentando se esquecer
Parado aí sem ter o que fazer
Tá esperando o tártaro crescer
Já demorou virou tataravô


Enquanto o tempo passa por você
Você passa pensando sem saber
Com tanto samba, mango, iê-iê-iê
Porque só lhe restou o cateretê


Já descobriu que tem saudade
Já procurou a solução
Pra você não tem saída
Vai roendo a solidão
E quando chega a despedida
É mais um dente pra adição


E quando o sol o céu levanta
O galo canta o clarear
Um cheirinho a brisa mansa
O cavaquinho a perfumar
E você pisa na tamanca
E a tamanca vai cantar

Composição: Colaboração e revisão: Ingridy Peixoto

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...