Cavalão Tá Doidão

Rionegro e Solimões

Am
123
X02210
C
123
X32010
D
123
XX0232
G
123
320003
Tom: G
Solo de intro:

#1t1#     G     Bb     G (arpejado de baixo para cima)
#1t2#E|-------------|-3-|
B|-------------|-3-|
G|-------------|-0-|
D|------0/3~~\-|-0-|
A|----2---1~~\-|-2-|
E|--3----------|-3-|#/1t2##/1t1#

Refrão 2x:
               G
Cavalão tá doidão
               Am  C
Cavalão tá doidão
                      G
Tá relinchando e galopando
                 D
Tem potranca na pista
               G
Cavalão tá chegando

Parte 1:
G                                   Am  C
  Cavalão não nasceu pra viver amarrado
                                     G
Gosta de pasto novo e de ser bem tratado
                             C
Se você deixar o cavalão fechado
                 G                   D                   G
Ele vai pular a cerca pra comer o capim que tá do outro lado

(Refrão 2x)

Parte 2:
G                                    Am  C
  Cavalão gosta mesmo de viver à vontade
                                      G
No meio das potrancas, em plena liberdade
                            C
Se você deixar o cavalão sozinho
                 G                  D
Ele quebra a porteira e sai na carreira
               G
Em busca de carinho

Solo de passagem: C  D  C  D  G

(Falado)
Tá chegando o cavalão,
Cavalão tá doidão,
Galopando de desejo,
Galopando de paixão!

(Refrão 2x)
Composição: Jose Divino Neves (Rio Negro)Colaboração e revisão: Elton Cruz