Obá

Soweto

Ôh, ôh, ôh
Está para amanhecer
Obá, obá, obá
Nada é mera ilusão
Obá, obá, obá
Com preguiça a vida passa
Verdejando meu olhar

Por Deus estico a rede de pescar
Dá até "prum" sonho viajar
Um rio e eu sem afobar Eu já me acostumei Obá, obá, obá Com sua santa aparição Obá, obá, obá Em cores pintando as palmeiras E a vida do lugar Lá vem, lavar a vida sem cessar Estende o tempo pra quarar Um rio e eu sem afobar Reluz enfim areia branca Está para amanhecer Ôh, ôh, ôh Ôh, ôh, ôh Ôh, ôh, ôh
Composição: Adalto Magalha / Alexandre Rodrigues / Belo / Charlles André / Chiquinho Dos Santos / Claudinho De Oliveira / Claudinho Oliveira / Flávio Venutes / Guilherme Arantes / Lalas / Leo Dias / Luis Claudio Picolé / Marcio Lima Jorge China / Marquinhos de Moraes / Matheus Santos / Minho / Munir Trad / Prateado / Regis Daneses / Riquinho / Serginho Meriti / Soweto / Wagner BastosColaboração e revisão: Ciane Oliveira

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.