A Charneca

Supercordas

o sol sai e a chuva cai
se estranhando em paz
no varal meu astral
nunca vai secar
sapos a cantar
onde a rã morre na estrada
e a sua carcaça esmagada
cheira como a charneca no verão
consertei minha bike,
não estrago as botas nunca mais
sapos orquestrais
onde a rã morre na estrada
e a sua carcaça esmagada
cheira como a charneca no verão

Composição: Colaboração e revisão: Mateus Kinasz

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...