Filho da Liberdade

Tião Carreiro e Pardinho

A
123
X02220
Am
123
X02210
B
234
X24442
B7
1234
X21202
D
123
XX0232
E
123
022100
E7
1234
022130
F#
234
244322
F#7
34
242322
G
123
320003
Tom: G
#1t1##1t2#E|---------------------------5-- 
B|---------------------------5--
G#|------3-----3-----3-----3--4-- Riff 1
E|----3-----3-----3-----3----5--
B|--5-----4-----3-----2------0--#/1t2##/1t1#
                              Am

Minha casa é o mundo

#2t1##2t2#E|-3-2-3-5-3-5-7--------- 
B|-5-4-5-7-5-7-8---------
G#|----------------------- Riff 2
E|-----------------------
B|-----------------------#/2t2##/2t1#

Não tem porta e nem janela

#3t1##3t2#E|-------------------------- 
B|----3---------------------
G#|--3-----3----------------- Riff 3
E|------3-----3--2-3--------
B|----------5----4-5--------#/3t2##/3t1#

       Am          G               B7
É uma casa sem conforto, mesmo assim

#4t1##4t2#E|---------------------------- 
B|--3/5-----------------------
G#|--3/5-3-4-3-1--------------- Riff 4
E|------3-5-3-2-3-2-3---------
B|--------------5-4-5---------#/4t2##/4t1#

          E7
Eu gosto dela

#5t1##5t2#E|-----5--6--7----
B|--5--5--6--7----
G#|--3--6--7--8---- Riff 5
E|--4--5--6--7----
B|--5--7--8--9----#/5t2##/5t1#

  A
A parede é a serra,onde está dependurado
    B                                           B  A  B
Um quadro da natureza,que por Deus foi desenhado
      E7                                       E7  D  E7
Meu tapete é a grama, tenho o céu como telhado
    F#7                                          F#7  E  F#7
De dia tem sol que brilha, a noite céu estrelado
    B              E
Bem distante do asfalto, vou vivendo sossegado

#6t1##6t2#E|-10/12-12-10-10-7-7-5-5-4-4--2-2-5-2-4------ 
B|----------------9-9-7-7-5-5--3-3-7-3-5------
G#|-10/12-12-10-10----------------------------- Riff 6
E|--------------------------------------------
B|--------------------------------------------#/6t2##/6t1#

E7

Ritmo de Pagode:
 A                             E7               A
O perigo não me assusta, para trás não dou um passo
  A                         E7             A
Duas feras mato a bala, uma só eu vou no braço
         B                 E   E  B7  E
Pra ter paz tem que ter guerra
  A
Precisando guerra eu faço
 E                            F#     B7       E
Para o medo e a covardia eu não vou deixar espaço
  A                         B7
Viva meu brasil amado, eu estou de sentinela
    E                      B7               E
Sendo filho desta terra, morro lutando por ela

Riff 1

O conforto da cidade

Riff 2

É coisa que não me importa

Riff 3

      Am               G           B7
Minha luz é Deus quem manda, quero ver

Riff 4

             E7
quem é que corta

Riff 5

  A
Eu sou igual um rochedo, onde a bala bate e volta
    B                                                  B  A  B
O punhal que tem dois cortes, batendo no peito entorta
     E7                                         E7  D  E7
Eu nunca fui empregado, eu mesmo sou meu patrão
    F#7                                    F#7  E  F#7
Vivo alegre cantando nas veredas do sertão
    B             E
Sou filho da liberdade que matou a escravidão

Riff 6

E7

Ritmo de Pagode:
 A                             E7               A
O perigo não me assusta, para trás não dou um passo
  A                         E7             A
Duas feras mato a bala, uma só eu vou no braço
         B                 E   E  B7  E
Pra ter paz tem que ter guerra
  A
Precisando guerra eu faço
 E                            F#     B7       E
Para o medo e a covardia eu não vou deixar espaço
  A                         B7
Viva meu brasil amado, eu estou de sentinela
    E                      B7               E
Sendo filho desta terra, morro lutando por ela
Composição: Tião CarreiroColaboração e revisão: matheus souza