Noite de Amor

Vicente Celestino

Escrevo-te esta carta com saudades do passado
Recordo fatos idos, inda estou enamorado
Embora o meu romance terminasse tristemente
Guardei a tua imagem na retina, docemente
Mas vê se adivinhas minha amiga, quem eu sou
Eu sou aquele louco, que uma noite te beijou
E que ao separar-me do teu beijo, que vendido
Disseste com desdém: Escuta bem o que te digo


O sonho de uma noite se desfaz como a fumaça
Não passas de um brinquedo, de um capricho
Meu chalaça
Já tive mil amores, mil conquistas de uma hora
Matei o meu desejo meu tolinho, vai-te embora
Depois nos separamos, nunca mais soube de ti
Somente na estação, numa tarde em que parti
Um lenço me acenava, traduzindo o teu adeus
E eu vi querida amiga, cheios d'água, os olhos teus


Embora recordasse as palavras do passado
E tive a certeza que o chalaça foi amado
Agora um conselho, no amor, nunca se mente
Porque uma mentira, muitas vezes trai a gente
Escreva minha amiga, sem mentir ao te chalaça
O sonho de uma noite, não se vai como a fumaça
Mataste o teu desejo, mas fiquei em tua mente
Porque naquela noite, nos amamos mutuamente

Composição: Colaboração e revisão: Renan Pontes

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...