Eu sou caboclo que vive na roça
Não falta nada na minha palhoça
Eu tenho orgulho em ser um roceiro
Sou um brasileiro criado na roça.


Lá no meu sítio não passa o asfalto
É bem no alto da serra de lá
Não tenho carro e nem maquinário
Mas o meu fadário eu não deixo parar.


Minhas lavouras são abençoadas
Terrinha amada dá gosto plantar
Tudo que planta sou ajudado
Por dois burros bão, tem folgazão
Que com isso não se espanta.


Na carpideira eu formo o feijoal
E o arrozal eu limpo de enxada
E quando folga todos os meus serviços
O meu compromisso é fazer uma caçada.


Para dar leite para a molecada
Tenho a malhada, vaquinha bem mansa
Todos os dias bem de manhã cedo
Zezinho e pedro podem encher a pança.


Lá no chiqueiro eu tenho um porquinho
Bão de toucinho, não falta pro gasto
E também tenho uma traia de gado
Garrote castrado bem gordo no pasto.


E muito mais eu não disse a metade
Felicidade eu tenho demais
Eu sou amado por minha querida
Rosa nascida em minas gerais.


Com muito gosto eu canto meus versos
Vai ver de perto que tudo se consola
“ Saborear uma leitoa assadinha
“ Arroz com galinha, cachaça e viola.

Composição: Colaboração e revisão: Roni Oliveira

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...