Camélia

Drik Barbosa

Ororo de quebra ateio fogo nesses pela
Que tem o ego entre as perna, pode crer!
Meu flow tipo flecha, miro e quando te acerta
Faz seu coração tremer


Vim pra te acordar
Fazer toda preta se amar
Mais que o Kanye ama o Kanye
Camélia liberta, passo dos comédia
Pra tocar o céu tipo Kanye


Flow Taís Araújo fi
Colocando o mundo na palma da mão
É a Xica da Silva com a arma na mão
Minha arma tá atirando informação


Minhas rima te choca, é o rap em ação
Essas mina te choca, bem Nina Simonne
Foda desde antes, poetisa sou
Foco na missão então faço por onde


Meu signo é terra mas minhas linha é fogo
Eu tô tipo a IZA no flow pesadão
Essa é minha lei e tipo o Rael
Tô seguindo as batida do coração


Pergunta pra Bey o que se faz com um limão!
Responde pra mim o que cê faz com um milhão?
É bom grana no bolso mas se essa grana dita o jogo ela te tem na mão


Somos mulheres correndo com lobos
Dançando ao som de Alice Coltrane
Quero luz e não aceito pouco
Minha missão vai muito além de rap game


Ser preta no corre é tipo o filme corra
Não vivo de sorte, aqui é viva ou morra
Pode crer
Camélia resgatando mentes
Quebrando as correntes que prendem você


Camélias dão voltas no mundo
Tirando as correntes dos punhos
Não sou mais escrava do mundo
Não sou mais refém desse mundo
Não
Camélias dão voltas no mundo
Tirando as correntes dos punhos
Não sou mais escrava do mundo
Não sou mais refém desse mundo
Não


Meus verso são barras de ouro
Quebradas são minas de ouro, bota fé
Essas mina tem alma de ouro
Banhada de ouro vestida com a própria fé


Minha arte é a minha respiração
Não crio em vão, não! É pra ascender!
Com os pés no chão por escolha
Não porque tem algo que vá me prender


Várias negra drama tão sem incentivo
Ainda quer saber porque eu rimo?
O sistema é cruel e segue oprimindo
É por isso que eu digo o que digo


Ceis teima em ficar na zona de conforto
Enquanto enfrentamo a na zona de confronto
Quando é você que oprime é da hora e viável falar mal da luta do outro, né jão?!


Então pega a visão
Já chegou o dia da coroação
Na vida real sem análise e reação
Nem pedi sua opinião


Só eu sei o que eu passo, pisei nesses cacos
Sangrei nesses passos mas aprendi
Guiar meu instinto, criar os caminhos
Que não me machuquem mais


No reino de cobras ceis são rei
Eu só quero glória eu já penei
Sou cria da nova e da velha escola
Tirei nota 10 quero as de 100


O rap é fato
Cês não breca o sonho
Lab fantasma realiza sonhos
Rimas e melodias cantando o sonho
Sempre pronta pro jogo e eu sempre ganho


Camélias dão voltas no mundo
Tirando as correntes dos punhos
Não sou mais escrava do mundo
Não sou mais refém desse mundo
Não
Camélias dão voltas no mundo
Tirando as correntes dos punhos
Não sou mais escrava do mundo
Não sou mais refém desse mundo
Não

Composição: Drik Barbosa / GrouColaboração e revisão: Daiane Simião

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...