Dia das Crianças: um livro e as melhores músicas pra tocar e curtir

Por Gustavo Morais

Está chegando mais um Dia das Crianças, e eu não paro de pensar nos versos “Há um menino! Há um moleque! Morando sempre no meu coração/Toda vez que o adulto balança, ele vem pra me dar a mão”, diz um trecho da música Bola de Meia, Bola de Gude, hit que a “dobradinha” Milton Nascimento/Fernando Brant emplacou na carreira da banda 14 Bis. Essa dupla genial entende bastante do riscado, concorda? Afinal de contas, não existem motivos para aposentar a “pureza das respostas da crianças”, com escreveu o não menos poeta Gonzaguinha.

menina e pai tocam violão juntos

Nunca é tarde para curtir e tocar música infantil (Foto/freepik)

O post de hoje é todo pra criançada linda desse Brasilzão! Se você é pai, mãe, tio, tia, avó, avô, padrinho, madrinha, ou possui qualquer outro parentesco com alguma criança, e toca violão, faça das canções aqui listadas uma oportunidade para curtirem um tempo juntos. Em contrapartida, se a criançada não faz parte do seu cotidiano, aproveite este texto para reviver a época em que suas preocupações eram apenas as “gostosuras e travessuras” 😀

Ah! E independente de qualquer coisa, a música sempre pode ser uma ótima ferramenta para refletir, ensinar e aprender. Por isso, meu amigo e minha amiga, te convido a preparar aí o seu coração… Afine o seu violão, e se jogue em uma deliciosa viagem ao universo da música infantil!

Feliz Dia das Crianças!

O cílio do olho da Clara – Tiquequê

A cantora e compositora Ana Clara Caetano, uma das metades do duo Anavitória, volta e meia é surpreendida por um cílio que insiste em nascer dentro do olho dela. Em uma dessas ocasiões, ela se queixou, via WhatsApp, com seu produtor e amigo confidente, Felipe Simas. Sentia uma sensação de incômodo como se tivesse um grão de areia no olho.

Capa do livro O Cílio do Olho da Clara, de Felipe Simas

Dilema com cílio no olho de Ana Caetano virou livro e música (Divulgação)

No intuito de animar aquela cabisbaixa amiga, Felipe temperou sua resposta com doses lúdicas. A ideia era criar empatia com o motivo do tal incômodo. Resolveu, então, dar vida, personalidade, sonho e nome ao cílio. E, de quebra, ainda trouxe luz para a questão da singularidade, do reconhecimento da força da individualidade de cada um, tão importante para a autoestima de todos: crianças, adolescentes e adultos.

E, assim, surgiu O Cílio do Olho da Clara, um pequeno conto escrito por Felipe e ilustrado com pinturas em nanquim e aquarela de Luciana Grether, professora de artes e design da PUC-Rio. Lançado pela Zit Editora e coeditado pela Universal Music, o livro está à venda nas principais livrarias e lojas digitais. A publicação terá também uma versão em audiobook, ainda dando acesso para cegos e deficientes visuais.

O extrovertido cílio acabou ganhando também uma trilha sonora. A convite de Felipe, o músico Wem, do grupo musical infantil Tiquequê, compôs e gravou uma canção inspirada na história. Leia o livro, ouça a música e deixa a diversão entrar em campo!

Aquarela – Toquinho

Lançada em 1983, a música Aquarela é realmente atemporal. Com sua poesia inconfundível, bem como com seu violão aconchegante, o mestre Toquinho imortalizou uma canção que fala sobre infância, maturidade, descoberta, sonhos e devaneios.

Confira a cifra e a videoaula da versão simplificada de Aquarela.

Dona Aranha – Cantigas de Roda

Também chamadas de Ciranda, as Cantigas de Roda são produções musicais anônimas que usam das rimas e repetições. São ensinadas oralmente, assim como as lendas do folclore. Há forte presença de personificação, a figura de linguagem utilizada para atribuir uma ação humana aos animais. Geralmente, as cantigas tratam de temas, como os animais, amor, valores e amizade.

A simpática Ciranda da Dona Aranha ensina sobre persistência! Afinal de contas nunca é cedo para aprender que nunca devemos desistir de nossos sonhos.

Baby Shark – Pinkfong

Única música em inglês desta lista, essa canção é uma das atuais canções favoritas entre crianças do mundo inteiro. As origens da música Baby Shark são bastante controversas. A faixa ganhou popularidade, no entanto, graças ao canal do YouTube coreano Pinkfong, especialista em criar músicas infantis que grudam igual chiclete.

O que uma melodia bem pensada não consegue fazer, hein? O vídeo acima tem quase 6 bilhões (não, você não leu errado) de visualizações no YouTube. Por mais que não supere o ibope do clipe de Despacito, hit de Luis Fonsi e Daddy Yankee, Baby Shark tem números muito maiores do que uma boa parte dos vídeos que você imaginar 😉

Coloque a onomatopeia “doo doo doo doo doo doo” na ponta da língua! Na sequência, acesse a cifra de Baby Shark, para ter esse hit na ponta dos dedos.

Amigo Estou Aqui – Toy Story

Desde que surgiu, em 1995, a turminha liderada pelo Xerife Woody é uma das mais simpáticas do cinema! Uma das músicas que conduzem as aventuras dessa galerinha do desenho Toy Story é You’ve Got a Friend in Me, de Randy Newman. Quando cantada em português, a faixa virou Amigo Estou Aqui, uma canção que ensina empatia e cumplicidade.

Veja a cifra e a videoaula de Amigo Estou Aqui.

A Casa – Vinicius de Moraes

Há algumas décadas, o artista uruguaio Carlos Vilaró construiu uma casa de arquitetura bem diferente. A construção foi moldada de acordo com as necessidades e desejos de Vilaró. Trata-se da lendária Casa Pueblo, localizada em Punta Ballena, no Uruguai.

Amigo de Carlos Vilaró, “o poetinha” Vinicius de Moraes acompanhou de perto a obra. Num incrível momento de sensibilidade, Vinicius criou uma letra, inspirada na tal casa,  para ninar os filhos do artista uruguaio: “Era uma casa muito engraçada, não tinha portas, não tinha nada, era uma casa de pororó, era a casa de Vilaró”, diz a letra.

Responsável por musicar os versos, Toquinho explicou qual é o lance da casa: “A casa é bem diferente, à beira de um penhasco. Parece levitar ao pôr do sol. Fica a imagem de uma casa engraçada. Sem teto, sem chão, sem parede. Eis a magia da poesia de Vinícius”.

Aprenda a tocar A Casa, de Vinicius de Moraes.

Mais sobre música infantil

Se quer saber mais sobre hits da música infantil, não deixe de conferir os conteúdos abaixo!

Agora, sim, o Dia das Crianças aí com a sua galerinha será bastante musical! Espero ter te ajudado a deixar esta data tão bacana ainda mais especial, pois, afinal de contas, a música tem o poder de ajudar os pimpolhos e pimpolhas a verem que o mundo não precisa ser um lugar tão ruim…

E já que você chegou até aqui, que tal dar um help? Basta compartilhar o link deste post aí nas suas redes sociais e grupos de WhatsApp, mas sempre marcando os amigos que convivem com crianças ou precisam resgatar a chama da meninice 😉

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.