SANTA MÔNICA PARTE I, II

Froid

Hey, ahn
Então bola logo esse beck, Momo 
(aham, ayy, ahn)

Então bola logo esse beck, Momo
Ele disse que quer pica, mete logo o
 bambu
Ela tá molhada e eu gosto disso
Parecia que eu procurava Nemo
Terminava essa vida barco a remo
Ela tira a calcinha, dark Lambo
Então larga essa vida e vem correndo
Esse som é blue sex, white window
Eu posso jurar que o boy tá me 
tirando
Eu vou falar sobre o quê se não de 
dinheiro?
Eu sei que isso nem existe sem 
esforço
Ah, cala a boca ou eu roubo seu 
parceiro
Tá maneiro, pique Rick Battle
Meu foco é na guerra e não na battle
Tô só com os canhões como Navarrone Escrevo bem melhor no meu caderno Acostumei com o mar onde navego Erro, ego que carrego Vou trocar ele todo pelo euro EUA, eu, hein? Nego topa tudo por dinheiro Eia, tráfico de dólar no e-mail Os fins não justificam mais os meios Trabalho por conta E canto pela hora do recreio Nunca mais eu fumei pelas pontas Tudo pela grana Quem fala ao contrário tem barganha Peixe de aquário com a vida ganha, hey yo, ahn Palavras ao vento Pequei pelas palavras que usei no momento Eu penso em você em todo momento Inclusive no trânsito lento ainda continua doendo Minha vida tá uma bagunça Desde criança que a névoa negra do mal não me ofusca Você é o que 'cê busca ou não me mande notícia nenhuma Você tem que começar com desculpa (oh, yeah, é) Vida de dúvida, vida que eu dei fuga Vida pra vítima, quero não Porra nenhuma, eu sou artista, eu só preciso de tinta Eu expliquei pra família Minha mãe me deu papinha de pilha alcalina e balinha, carinho Disse que eu não tava sozinho Era mentira, a vida me rodeou de traíras (e drogas) Tiras, o sistema numa roda de rima Não é uma dúvida é um ponto de vista
Composição: Caio / Chris / Cynthia Luz / Derek / Froid / John / Menestrel / Santzu / Zeca BaleiroColaboração e revisão: Julia Gomes

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.