Se quiser fumar, eu fumo
Se quiser beber, eu bebo
Não interessa a ninguém
Se o meu passado foi lama
Hoje quem me difama
Viveu na lama também


Comendo a mesma comida
Bebendo a minha bebida
E respirando o mesmo ar
E hoje, por ciúme ou por despeito
Acha-se com o direito de querer me humilhar


Quem és tu?
Quem foste tu?
Não és nada!
Se na vida fui errada
Tu foste errado também


Não compreendeste o sacrifício
Sorriste do meu suplício
Me trocando por alguém


Se eu errei, se pequei,
Pouco importa!
Se aos teus olhos estou morta,
Prá mim, morreste também!

Composição: Aylce Chaves / Citação Caruso Lúcio Dalla / Paulo MarquesColaboração e revisão: Felipe Souza

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...