Feijão Com Farinha

Grupo Revelação

A7
12
X02020
A79
1234
5X542X
Am7
12
X02010
B7
1234
X21202
Bm
234
X24432
C7
1234
X3231X
D
123
XX0232
D7
123
XX0212
E79
1234
XX2132
Em7
123
022030
F#7
34
242322
G
123
320003
Gm
34
355333
Tom: G
D Hoje tá tudo mudado, melhor que o passado D F#7 Onde o bicho pegou Bm Am7 Deixaram a parte do samba, essa gente que é bamba D7 De cara pro gol G Gm A7 Quero brindar essa história D C7 apagar da memória o que a B7 gente passou Em7 Me chama onde houver Refrão A7 D Um samba que eu vou Bm Em7 Onde houver um samba que eu vou A7 D Onde houver um samba que eu vou Bm Em7 A7 D No pé e na palma da mão tambem vou
Bm Em7 Na palma da mão, tambem vou A7 D Na palma da mão, tambem vou F#7 Eu vou porque a gente brilha Bm Segue a mesma trilha que o samba deixou E79 Eu vou na pegada do banjo A7 Onde muito marmanjo cruel desabou F#7 Meu samba quem ouve adivinha Bm Feijão com farinha, tempero e sabor E79 Seguimos tocando essa bola A79 Que veio de Angola no som do tambor Em7 A7 Me chama onde ouver um samba que eu D vou.... (Refrão) Em7 A7 Cansado, entortado, sem lei, D B7 deturpado e ferido Em7 A7 Não abro mão das raízes de um D velho partido B7 Em7 A7 Eu sou do quintal, já comprei, D B7 já vendi, fui vendido Em7 A7 Mas não abro mão das raízes de um D B7 velho partido Em7 A7 Pra quem tá pensando que é do D B7 samba eu duvido Em7 A7 Não há concessão nas raízes de um D B7 velho partido Em7 Quem não acompanha sabe a manha, A7 pega a banha se o verso D B7 for ferido Em7 A7 Eu nunca abro mão das raízes de um D velho partido
Composição: Colaboração e revisão:

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.