Doador de Sangue

Froid

Real granjaboy
Yeah
Original rudeboy
Wow, wow, wow

A revolução começa aqui, a indústria
 treme
Eu sou estranho, mas são todos 
iguais a mim
Por isso eu sou gigante
Eu poderia ficar muito rico
Eu preciso disso porque eu sinto 
fome
O dinheiro é um desperdício, só faz 
rima pobre
A revolução começa aqui, a indústria
 treme
Eu sou estranho, mas são todos 
iguais a mim
Sou gigante
Sim, eu poderia ficar muito rico
Eu preciso disso porque eu sinto 
fome
O dinheiro é um desperdício

Gatinha, eu mudei
Voltei pro alternativo meio pop corn
Porque a pirataria me deixou boy
As gravadoras querem me deixar pop
Os empresários querem me deixar 
pobre
Difícil, porque, agora, já tô tão 
longe
E o que não me mata me faz tão forte
Riqueza é o som, riqueza é a vida
Essa é minha maior posse
Foda-se a indústria, só causou tosse
Foda-se seus bens, Mercedes Bens, 
Porsche
Isso é que é literalmente um 
brainstorming
Eu nasci no dia em que eu inventei o
 Froid
Esse estado luta pra manter o cofre
Mano, escrever rap igual doar o 
sangue
Nós só precisamos nos manter jovens
Por isso que a perifa inventou o 
funk
Sempre tô pensando num jeito de 
melhorar
Sempre tô pensando num jeito de me atrever Acho que os fans de rap nunca vão entender Vou fazer do jeito que nunca vão duvidar Subi por essa grana, meu mano, cadê você? Logo menos tô colando aí em BH Prepara alguma coisa logo aí pra eu comer Vou visitar a família quando essa turnê acabar A revolução começa aqui, a indústria treme Eu sou estranho, mas são todos iguais a mim Por isso eu sou gigante Eu poderia ficar muito rico Eu preciso disso porque eu sinto fome O dinheiro é um desperdício, só faz rima pobre A revolução começa aqui, a indústria treme Eu sou estranho, mas são todos iguais a mim Sou gigante Sim, eu poderia ficar muito rico Eu preciso disso porque sinto fome O dinheiro é um desperdício, só faz rima pobre Não sei de onde venho nem pra onde tô indo Não sei por que as pessoas andam me seguindo Ela tá me olhando, ela cismou comigo Igual o segurança lá do mercadinho Foda mesmo é quente contato com o rosto Pele com pele sentindo atrito O corpo sujo do jogo Enquanto a vida fode sem preservativo Não fica com nojo (Waw) Nós somos feitos um pro outro Somos do mesmo tecido O amor deve ter amortecido meu tombo Tava escrito eu te amo Deve ter sido algum problema com o pombo Eu to sem problemas com o sogro Eu tenho problemas com o sono Embora a madrugada é meu melhor, eu funciono Eu tô nessa função porque sonho Me olha nos olhos (Waw) Destruindo tudo, eu sou King Kong Sem dobra, começa até no Love Song Tudo que vai, volta que nem um bumerangue Agora eu tô cantante, nada me ofende Vou sair no soco só pela minha gang Muito conhecido, mas odeio a fama Você é meu paradoxo, sou seu paralama Nada me ofende, hoje eu tô no drama Hoje eu to no drama Hoje eu to no drama No drama Hoje eu to no drama No drama Hoje eu to no drama Nooo A revolução começa aqui, a indústria treme Eu sou estranho, mas são todos iguais a mim Por isso eu sou gigante Eu poderia ficar muito rico Eu preciso disso porque eu sinto fome O dinheiro é um desperdício, só faz rima pobre A revolução começa aqui, a indústria treme Eu sou estranho, mas são todos iguais a mim Sou gigante Sim, eu poderia ficar muito rico Eu preciso disso porque sinto fome O dinheiro é um desperdício, só faz rima pobre
Composição: Caio / Chris / Cynthia Luz / Derek / Froid / John / Menestrel / Santzu / Zeca BaleiroColaboração e revisão: Igor Santos

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.