Regai (part. Cynthia Luz)

Froid

Am
123
X02210
G
123
320003
Tom: G
                 Am
Enquanto o rosto sofre a escuridão 
do mundo
                  G
Enquanto a gente dorme o coração 
confunde
                  Am
Oposto dos meus olhos olharam no 
fundo
                   G
A parede é aço e tapa o sorriso em 
luto
                 Am
A morte até se esconde de quem corre
 muito
                  G
As ondas de calor que trazem cores 
nessa seca
                   Am
E logo a primavera vem, a favorita
                       G
Florescendo um mar de amor, 
oferecendo um mar de flor
                      Am
Oferecendo um mar de flor
Amor
Am
Eu sigo igual tribo indígena tomando
 tiro de quem mais explora
  G
Competindo terra com povo pacífico 
que não tem pistola
Am Retirou as riquezas depois fez o povo te pedir esmola G Derrubou madeira pra trocar por dólar, dólar Am Militar de touca, a terra amaldiçoa cada gota de sangue na Terra G Vai de boca em boca até que uma assopra o veneno na ponta da flecha Am Quem protege a oca é quem criou o tempo, quem criou a selva G Atacando a vida você mata a própria, pois não tem vencedor nessa Guerra Am Enquanto o rosto sofre a escuridão do mundo G Enquanto a gente dorme o coração confunde Am Oposto dos meus olhos olharam no fundo G A parede é aço e tapa o sorriso em luto Am A morte até se esconde de quem corre muito G As ondas de calor que trazem cores nessa seca Am E logo a primavera vem, a favorita G Florescendo um mar de amor, oferecendo um mar de flor Am Oferecendo um mar de flor Amor Tão imundo e sujo, tão fraco e tão raso Transformando o amor em cinzas de qualquer maneira Perseguindo o futuro a ferro e fogo, ó Deus Olhe então por nós, olhe então por todos nós
Composição: Cynthia LuzColaboração e revisão: Thiago Lemos

Utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.