Cicatrizes

Ao Cubo

A
123
X02220
C#m
234
X46654
D
123
XX0232
E
123
022100
F#m
34
244222
Tom: A
Intro: A E F#m C#m D A D E A E Esse som da sirene me faz lembrar daquele dia lá F#m C#m Onde que por instinto não quis D Mas fiz muita gente chorar A Muita gente gritando em volta na revolta D Pedindo justiça divina e a família E dizendo e agora? A Os homens de farda me levam com um E carro possante F#m C#m Há milhares chegam em seu destino e num instante D Abrem a porta, me tiram, me levam A pra dentro D Então outro funcionário me apaga e E já não me lembro A E Só lembro que estou só no mundo paralelo F#m De lá pra cá me sinto cada vez pior, C#m não nego D A Minha vida ta marcada por todos pra sempre D E essa marca diz que não posso ser E feliz novamente A E Me sinto desprezado, as vezes me acho um monstro F#m C#m Mas são consequências da atitude do passado e pronto D Emprego nunca mais, casamento A jamais, D E Mas me arrepender do que eu fiz, não, tô em paz Refrão: A E Ôhh, são marcas da vida que causam F#m dor C#m D Todos me olham ninguém me notou
A D Eu não ligo o que pensam de mim E São apenas cicatrizes A Naquela noite lá, nós recebemos uma E chamada F#m De uma ocorrência tensa, nada C#m facilitada D Preparamos a viatura, partimos pro A local D Chegando lá nos deparamos com um E incêndio descomunal A E O fogo tinha propagado, o povo todo preocupado F#m Isolamos toda área, mas já tava C#m tomado D A E de repente saí de lá um menino gritando D Protegendo os seus irmãos, o de três E e o de cinco anos A E Foi incrível, seus irmãos sem nenhum dano físico F#m Que coragem do mais velho, que C#m atitude plausível D Foi um milagre, pois nem eu mesmo A acreditava D Sabe, num acidente grave desses E ninguém se salva A E a preocupação depois era só com o E mais velho que dó F#m C#m Sua situação dos três foi a pior D A Queimadura de 70 por cento do corpo D Chegamos no pronto socorro com ele E quase morto A Que dia triste aquele la E E desde então me sinto culpada F#m Fui rapidão comprar pão um tanto C#m preocupada D Apressada então voltei, vi mas não A acreditei D Meus filhos já não estavam mas do E jeito que eu deixei A Não conseguir entrar o fogo E consumia tudo F#m Na calçada puxei a fé que tenho no C#m salvador do mundo D A E como mágica tive uma visão tão linda D E Meu mais velho salvando toda minha família A E Tudo que eu tinha, que eu tenho são meus diamantes F#m E pra mim o mais velho é mais C#m bonito agora do que antes D Sua cicatriz que toma toda parte do A seu rosto D Hoje é marca do livramento, que não E foi pouco A E Pessoas olham na rua e ignoram sem saber F#m C#m A história de um jovem mais forte D que os heróis da TV A Não julgue sem conhecer, foi com D ele, mas pense E Isso poderia ser você A E Ôhh, são marcas da vida que causam F#m dor C#m D Todos me olham ninguém me notou A D Eu não ligo o que pensam de mim E São apenas cicatrizes ( A E F#m D A D E A )
Composição: CleberColaboração e revisão: samuel vitoor

Cifra Club Academy

O ensino de música que cabe no seu tempo e no seu bolso!

Quero conhecer os cursos
Cifra Club Pro

Entre para o
Cifra Club PRO

Tenha acesso a benefícios exclusivos no App e no Site

  • Chega de anúncios

  • Mais recursos no app do afinador

  • Desconto em nossos produtos

  • Entre outras vantagens...