Canteiros

Fagner

A
123
X02220
A7
12
X02020
B7(4/9)
X22222
Bm
234
X24432
Bm/A
123
X0443X
Bm7
34
X24232
C7
1234
X3231X
D
123
XX0232
D4
123
XX0233
D7
123
XX0212
Dm
123
XX0231
Dm/C
1234
X3X231
F
234
133211
F#
234
244322
G
123
320003
G/B
123
X20033
G/D
1234
X5543X
G4/D
123
XX0533
G7M
1234
3X443X
Gm
34
355333
Gm/Bb
1234
6553XX
Gm7
1234
3X333X
Tom: G
[Intro] D  D4  D  G/D  G4/D
        D  D4  D  G/D  G4/D

[Primeira Parte]

D                    A  
  Quando penso em você      
 Bm      Bm/A         G7M
Fecho os olhos de saudade
D                   A   
  Tenho tido muita coisa 
 G    F#       B7(4/9)  A
Menos a felicidade
D                       A    
  Correm os meus dedos longos       
Bm             Bm/A
   Em versos tristes
       G7M
Que invento
D                         A  
  Nem aquilo a que me entrego   
 G     F#         Bm7  D7
Já me dá contentamento

[Pré-Refrão]

                 Gm7       C7         F
Pode ser até manhã, cedo claro feito dia
                    Gm      
Mas nada do que me dizem 
    A7             Dm
Me faz sentir alegria

[Refrão]

          D7         Gm    
Eu só queria ter no mato 
    C7            F
Um gosto de framboesa
                        Gm    
Prá correr entre os canteiros 
  A7
E esconder minha
     Dm
Tristeza
                        
Que eu ainda sou bem moço 
  Dm/C
Pra tanta tristeza
G/B                
E deixemos de coisa
 Gm/Bb
Cuidemos da vida
Dm               
  Pois se não chega 
   Dm/C               G/B
A morte ou coisa parecida
               Gm/Bb        
E nos arrasta moço 
                 D
Sem ter visto a vida

[Refrão]

          D7         Gm    
Eu só queria ter no mato 
    C7            F
Um gosto de framboesa
                        Gm    
Prá correr entre os canteiros 
  A7
E esconder minha
     Dm
Tristeza
                        
Que eu ainda sou bem moço 
  Dm/C
Pra tanta tristeza
G/B                
E deixemos de coisa
 Gm/Bb
Cuidemos da vida
Dm               
  Pois se não chega 
   Dm/C               G/B
A morte ou coisa parecida
               Gm/Bb        
E nos arrasta moço 
                 Dm
Sem ter visto a vida

[Segunda Parte]

Dm        Dm/C                G/B
É pau, é pedra, é o fim do caminho
               Gm/Bb              Dm
É um resto de toco, é um pouco sozinho
             Dm/C                 G/B
É peroba do campo, é ujm nó da madeira
           Gm/Bb              Dm
Caingá candeia, é o matita-pereira
                 Dm/C               G/B
São as águas de março fechando o verão
               Gm/Bb           Dm  D
É promessa de vida em nosso coração
          Dm/C                G/B
É pau, é pedra, é o fim do caminho
            Gm/Bb                 Dm
É um resto de toco, é um pouco sozinho
                 Dm/C               G/B
São as águas de março fechando o verão
               Gm/Bb           Dm  D
É promessa de vida no nosso coração
                 Dm/C               G/B
São as águas de março fechando o verão
               Gm/Bb             Dm 
É promessa de vida em nosso coração
Composição: Cecilia Meirelles / FagnerColaboração e revisão: Gustavo VazAntonio NetoLucas KappaunDerrê Alvese mais 15